Tempo
|
Henrique Raposo n´As Três da Manhã
Quartas-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
Novo Governo. “Será mais do mesmo e isso é preocupante”

Henrique Raposo

Novo Governo. “Será mais do mesmo e isso é preocupante”

23 mar, 2022


Comentador da Renascença analisa os nomes apontados para continuar no Executivo e quais é que considera que deviam sair.

O comentador da Renascença Henrique Raposo antecipa que o novo Governo "será mais do mesmo" o que, a confirmar-se, "é preocupante".

"Tendo um partido maioria absoluta, à partida seria mais fácil atrair gente nova, com menos cansaço, com ideias mais frescas, com mais ligação à sociedade civil", diz.

“Marta Temido e Pedro Nuno Santos já estão a mais há muito tempo”, acrescenta o comentador, defendendo a saída destes nomes.

Em sentido contrário, e apesar de revelar que não aprecia particularmente Augusto Santos Silva, considera que, neste momento, o atual ministro dos Negócios Estrangeiros tem de continuar no Governo.

"É um peso pesadíssimo, é um animal da diplomacia, dos corredores e nós precisamos de alguém assim neste momento junto dos nossos parceiros europeus", acrescenta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João Lopes
    26 mar, 2022 Porto 10:13
    Análise sensata e oportuna de Henrique Raposo.
  • Digo eu
    23 mar, 2022 Cá 14:54
    Uma coisa é mais que certa: com Maioria Absoluta e herdando o governo dele próprio, acabaram-se as desculpas. O que acontecer daqui para a frente, é responsabilidade de António Costa.
  • Rui Manuel Almeida
    23 mar, 2022 Lisboa 13:09
    Preocupante mesmo são as opiniões deste tipo. A partir de agora, é claro, já não vou mais ser apanhado de surpresa. Ouço o nome do cavalheiro e mudo de canal. Como diria o outro: rapidamente e em força!