Tempo
|
Henrique Monteiro n´As Três da Manhã
Terças e quintas-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
Desconfinamento. “Estamos nas mãos do destino” - Henrique Monteiro
Desconfinamento. “Estamos nas mãos do destino” - Henrique Monteiro

Henrique Monteiro

Desconfinamento. “Estamos nas mãos do destino”

16 abr, 2021 • Marta Grosso


“Não está nas mãos dos políticos ou dos especialistas” o modo como a pandemia vai evoluir, diz Henrique Monteiro.

“Está nas mãos do vírus, se ele tivesse mãos”, mas está, sobretudo, “nas maõs de todos nós e no comportamento que vamos tendo”, defende n’As Três da Manhã.

Henrique Monteiro sugere que, em vez dos concelhos, se use os NUT (Nomenclatura das Unidades Territoriais para Fins Estatísticos) para fins de análise do desconfinamento, até porque, agora que vai abrir o ensino superior, muitos alunos da Figueira da Foz irão deslocar-se para Coimbra.

Não deixa, contudo, se ser uma mera sugestão. “Pode-se dizer qualquer coisa, porque estamos entregues nas mãos do destino”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.