Emissão Renascença | Ouvir Online
Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo
Quais são os problemas no atendimento ao cidadão?
Ouça o Explicador Renascença

Explicador Renascença

Quais são os problemas no atendimento ao cidadão?

22 fev, 2024 • Sérgio Costa


A Provedoria de Justiça considera que a informação é divulgada online “de forma desordenada”, “pouco coerente” e “não amigável”.

A Provedoria de Justiça criticou os serviços do Estado e pediu mais informação sobre o atendimento aos cidadãos.

Haverá mau funcionamento destes serviços.

O Explicador Renascença esclarece o que está em causa.

Por que razão a Provedoria faz este reparo?

Porque os serviços do Estado são confusos e pouco fiáveis e há violações da lei do atendimento público. Conclusão a que a Provedoria chega no mais recente relatório sobre os serviços públicos.

O documento foi elaborado após visitas a 25 serviços públicos em Portugal continental entre setembro e outubro do ano passado. O diagnóstico não é positivo.

A Provedoria dá algum exemplo?

Sim.

O relatório conta um caso no serviço do Instituto da Segurança Social em Alenquer, onde um cidadão chegou ao local às 06h00 como estratégia para garantir marcação, esperou três horas, mas quando o serviço abriu foi informado que o assunto que vinha tratar não precisava de marcação prévia.

São estes problemas que motivam críticas?

É um dos pontos principais.

Ao mesmo tempo, para vários outros assuntos, a maioria dos serviços públicos aumentou a tendência para só atender por marcação prévia, o que afeta a vida dos cidadãos que, sem agendamento, arriscam a ficar à espera em longas filas e até multas caso não consigam resolver os seus problemas.

Mas há ou não mais problemas?

Há também horários de funcionamento diferentes no site e no local, informação afixada misturada com avisos desatualizados sobre a Covid-19.

A Provedoria critica também a complexidade em navegar nos sites dos serviços públicos.

E os sites dos organismos públicos?

A Provedoria considera que a informação é divulgada online “de forma desordenada”, “pouco coerente” e “não amigável”.

No site da Autoridade Ttributária, por exemplo, são indicadas cinco aplicações (apps) diferentes para serviços de atendimento ao público.

Vamos ter uma superbase europeia de dados de saúde?
Por que é que se demitiu o diretor executivo do SNS?
Qual foi o impacto da pandemia nas crianças?
O que é o TikTok Lite e por que é que está a ser investigado?
O que mudou com o 25 de Abril?
Por que é que o Governo quer reformular o sistema de agendamento de vistos?
Quanto vamos poupar em IRS?
Como é que os bancos cobraram oito milhões de euros indevidos a clientes em 2023?
Fatura da luz pode aumentar. Porquê?
Atenção à fraude nas transferências bancárias. O que está a acontecer?
Relação esvaziou Operação Influencer?
Por que é que a adesão à estabilização de encargos com a compra da casa foi mais baixa que o estimado?
Porque há um valor mínimo para receber reembolso do IRS?
O que é que acontece se um clube não cumprir o fair-play financeiro da UEFA?
Afinal, qual é o valor da redução de IRS prevista pelo atual Governo?
Qual o impacto do Programa de Governo na sua carteira?
O novo Governo traz novidades no setor da habitação. O que muda?
Bispos aprovam indemnizações às vítimas de abuso. Mas quando e a quem podem pedir?
Como vai funcionar o suplemento remunerativo solidário, uma das novidades do programa do Governo?
Afinal o que diz o programa do Governo?
ADSE atualizou preços, mas não avisou beneficiários. O que muda?
Hospitais obrigados a permitir acompanhamento de idosos?
As avaliações nas escolas vão ou não ser feitas em modo digital?
Febre do eclipse solar. O que se vai passar na América?
Israel estará prestes a aceitar um cessar-fogo em Gaza. Quais são as condições?
Secretária de Estado recebeu indemnização da CP. O que sabemos?
Livro Verde da Segurança Social propõe fim da reforma aos 57 anos. Que proposta é esta?
Houve ilegalidade no caso das gémeas?
PSD pode continuar a governar mesmo que o Orçamento do Estado seja chumbado?
Estamos a consumir mais droga e álcool em Portugal?
Qual foi o desafio de Montenegro aos partidos para combater a corrupção?
Novo Governo toma posse esta terça-feira. E depois?
Reembolsos do IRS podem ser menores este ano?
O que causou os constrangimentos nas urgências de obstetrícia este fim de semana?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.