Tempo
|
Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo
COP 28. Que temas vão estar em cima da mesa e qual é o papel de Portugal?

Explicador Renascença

COP28. Que temas vão estar em cima da mesa e qual é o papel de Portugal?

30 nov, 2023 • Anabela Góis


A cimeira do clima começou esta quinta-feira, no Dubai, e dura até dia 12 de dezembro. Ainda é possível limitar o aquecimento global a 1,5ºC até 2050?

A COP 28 arrancou esta quinta-feira no Dubai e tem objetivos ambiciosos, mas tem muito obstáculos para ultrapassar num ano marcado por vários recordes de temperatura.

Quais são os temas em cima da mesa na conferência da ONU?

São vários e alguns já se arrastam há várias cimeiras sem que tenha sido possível chegar a acordo. É o caso da eliminação progressiva do consumo e produção de combustíveis fósseis até 2050, a par de uma rápida expansão das energias renováveis.

Pela primeira vez, será feito um balanço global da redução de emissões de gases com efeito de estufa, previsto já desde o acordo de Paris, de 2015.

Os líderes de quase 200 países presentes vão assim prestar contas sobre as suas contribuições nacionais, para detetar falhas e avaliar o que pode ser feito a partir de 2025 para rever as metas de redução dos gases com efeitos de estufa, com o objetivo de limitar o aquecimento global a 1,5ºC até 2050.

Ainda é possível atingirmos o objetivo?

Os especialistas e o próprio secretário-geral das Nações Unidas acreditam que sim, mas para isso é essencial que se chegue a acordo sobre o fim dos combustíveis fósseis - o que não tem sido possível devido à oposição de alguns países, liderados pela India, e é necessário consenso.

Há ainda fatores inesperados que acabam por tornar mais difícil a meta, como a guerra na Ucrânia, que gerou lucros recorde para as empresas petrolíferas.

E o anfitrião da cimeira deste ano pode funcionar como entrave às negociações. Segundo uma investigação da BBC, os Emirados Árabes Unidos estão a usar esta oportunidade para fechar negócios ligados ao petróleo e ao gás natural com vários países.

Mas já há um acordo. De que se trata?

É um acordo parcial sobre o fundo de perdas e danos, que serve para ajudar países menos desenvolvidos e mais vulneráveis às alterações climáticas. O fundo já estava definido desde o ano passado, mas agora há um entendimento sobre a forma de o pôr em prática.

E a cimeira vai durar até quando?

Está previsto que a COP termine no dia 12 de dezembro, embora em anos anteriores o fim tenha sido adiado.

Os líderes mundiais só participam num segmento conhecido como cimeira mundial sobre a ação climática, que acontece esta sexta e sábado.

Depois ficam a representá-los altos funcionários a tratar do conteúdo das negociações.

Que papel tem Portugal nesta cimeira?

Portugal é um dos signatários da Convenção-quadro da ONU para as alterações climáticas, mas não negoceia sozinho, porque a União Europeia atua em bloco.

O primeiro-ministro, António Costa, discursa e nome de Portugal na tarde de sábado, mas pela primeira vez, Portugal tem um pavilhão na COP.

Tal como em outros anos, existem negociações e anúncios à margem dos encontros oficiais, e Portugal prepara-se para formalizar um acordo entre o Governo e o Fundo Climático Verde, da ONU.

Este fundo apoia países em desenvolvimento a concretizar as respetivas ambições de descarbonização. Noutro prisma, Portugal deverá confirmar que a dívida de Cabo Verde vai ser reconvertida num fundo de investimento em diversos setores, como a energia, o ambiente, a água e a reciclagem, como parte de uma estratégia que também será aplicada aos restantes países da CPLP.

Como funciona o voto antecipado?
Como é que devo validar as minhas faturas?
Como evitar burlas no arrendamento de casas?
O que é que causou o incêndio que consumiu prédio em Valência?
Quais são os problemas no atendimento ao cidadão?
Quem vai estar dispensado de preencher o IRS?
Por que é que o sarampo se está a propagar rapidamente?
Julian Assange vai ser extraditado para os EUA?
Protesto dos polícias no Capitólio foi autorizado?
Missão militar europeia no Mar Vermelho. Quais são os meios e os objetivos?
O que é que fez o endividamento das famílias quadruplicar desde 2015?
Morreu Alexei Navalny. O que se sabe até agora?
Julgamento de suspeito do rapto de Maddie McCann está relacionado com o caso?
Madeira. O que é que vai acontecer agora que os três detidos foram libertados?
Já é possível ter o cartão de cidadão e a carta de condução no telemóvel. Como é que funciona?
Vai ser possível consultar online as declarações de rendimentos e património dos políticos. Que plataforma é esta?
A Meta vai limitar o acesso a sugestões de conteúdo político nas redes sociais. O que é que isto significa?
Presencial, correspondência ou antecipado. Como votar nas eleições legislativas?
Por que é que as televisões recusaram debates com Nuno Melo a representar a AD?
Abandono escolar aumenta em Portugal. Porquê?
Por que é que há bancos a bloquear as contas dos clientes?
Baixas médicas e fim de grupo operacional. O que se passa na PSP?
A PSP está a investigar a própria PSP por suspeitas de fraude?
Quem é o pirata português procurado nos EUA?
Existe uma relação contratual entre um estafeta e a Uber Eats?
Dengue deixa Rio de Janeiro em estado de emergência. A culpa é do mosquito?
Os protestos dos polícias podem impedir as eleições legislativas?
O que sabemos da manifestação anti-Islão?
Cessar-fogo à vista. Aproxima-se o fim da guerra entre Israel e Hamas?
Agricultores protestam e cortam estradas em Portugal. Porquê?
Telecomunicações mais caras. Por que é que os preços voltam a aumentar?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.