Tempo
|
Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo
Partidos querem ouvir Marta Temido no caso das gémeas brasileiras. Porquê?

Partidos querem ouvir Marta Temido no caso das gémeas brasileiras. Porquê?

23 nov, 2023 • Sérgio Costa


As gémeas receberam em Portugal um tratamento específico com um custo de 4 milhões de euros. O caso envolve o Presidente da República, mas agora alguns partidos querem também explicações de Marta Temido.

A notícia revelada no início do mês alega que o Presidente da República intercedeu junto do Hospital de Santa Maria para que duas gémeas brasileiras recebessem um tratamento com um custo total de quatro milhões de euros.

Contudo, Marcelo nega qualquer interferência, garantindo que não intercedeu junto do hospital nem de qualquer membro do Governo para que as crianças pudessem beneficiar de tratamentos no Serviço Nacional de Saúde.

Partidos como a Iniciativa liberal e o Chega querem explicações de Marta Temido. Porquê?

Porque mesmo que, por hipótese, tenha havido interferência do Presidente da República, a decisão final cabe a quem tutela a área da saúde. À altura dos factos, quem estava à frente do Ministério da Saúde era Marta Temido. Razão pela qual alguns partidos querem explicações da ex-ministra.

E Marta Temido está disponível para dar essas explicações?

Sim. Fonte próxima de Marta Temido diz que a ex-ministra "tem evidente disponibilidade para prestar todos os esclarecimentos que sejam necessários a qualquer entidade que entenda requerê-los sobre este caso. Seja a Assembleia da República, o Ministério Público, a Entidade Reguladora da Saúde ou a Inspeção-Geral das Atividades em Saúde".

As investigações a este caso continuam?

Sim. Há um processo aberto pela Inspeção-Geral das Atividades em Saúde. Este organismo explica que está a verificar se foram cumpridas as normas aplicáveis ao caso.

Como é que as gémeas vieram a Portugal receber um medicamento tão caro?

A mãe das crianças conseguiu marcar uma consulta no Hospital de Santa Maria, para onde se dirigiu logo que chegou a Portugal, mas onde, numa primeira fase, lhe foi recusado o tratamento

Daniela Martins assume, então, que decidiu recorrer aos seus contatos e é aí que refere a nora do Presidente da República, que vive no Brasil, e as meninas acabaram por receber mesmo o tratamento. De acordo com as informações, receberam o tratamento contra o parecer dos médicos, porque as meninas já estavam a receber um outro medicamento no Brasil.

Como é possível administrar um medicamento contra o parecer dos médicos?

Essa é uma das questões ainda sem resposta. Sabemos que os neuropediatras não só se opuseram, como escreveram uma carta a dar conta disso mesmo ao presidente do Conselho de Administração. Entretanto, a carta desapareceu.

É todo um caso complexo que levar agora a explicações de Marta Temido, uma vez que à altura dos factos era a responsável pela pasta da Saúde.

Por que é que médicos de urgências deixam de passar atestados a doentes com pulseira verde e azul?
Urgências vão começar a passar baixas? Saiba o que muda
"Autobaixas" estão em alta. Está tudo a ficar doente?
O segundo ciclo deve continuar ou acabar?
A Europa está a preparar-se para entrar em guerra com a Rússia?
Como funciona o voto antecipado?
Como é que devo validar as minhas faturas?
Como evitar burlas no arrendamento de casas?
O que é que causou o incêndio que consumiu prédio em Valência?
Quais são os problemas no atendimento ao cidadão?
Quem vai estar dispensado de preencher o IRS?
Por que é que o sarampo se está a propagar rapidamente?
Julian Assange vai ser extraditado para os EUA?
Protesto dos polícias no Capitólio foi autorizado?
Missão militar europeia no Mar Vermelho. Quais são os meios e os objetivos?
O que é que fez o endividamento das famílias quadruplicar desde 2015?
Morreu Alexei Navalny. O que se sabe até agora?
Julgamento de suspeito do rapto de Maddie McCann está relacionado com o caso?
Madeira. O que é que vai acontecer agora que os três detidos foram libertados?
Já é possível ter o cartão de cidadão e a carta de condução no telemóvel. Como é que funciona?
Vai ser possível consultar online as declarações de rendimentos e património dos políticos. Que plataforma é esta?
A Meta vai limitar o acesso a sugestões de conteúdo político nas redes sociais. O que é que isto significa?
Presencial, correspondência ou antecipado. Como votar nas eleições legislativas?
Por que é que as televisões recusaram debates com Nuno Melo a representar a AD?
Abandono escolar aumenta em Portugal. Porquê?
Por que é que há bancos a bloquear as contas dos clientes?
Baixas médicas e fim de grupo operacional. O que se passa na PSP?
A PSP está a investigar a própria PSP por suspeitas de fraude?
Quem é o pirata português procurado nos EUA?
Existe uma relação contratual entre um estafeta e a Uber Eats?
Dengue deixa Rio de Janeiro em estado de emergência. A culpa é do mosquito?
Os protestos dos polícias podem impedir as eleições legislativas?
O que sabemos da manifestação anti-Islão?
Cessar-fogo à vista. Aproxima-se o fim da guerra entre Israel e Hamas?
Agricultores protestam e cortam estradas em Portugal. Porquê?
Telecomunicações mais caras. Por que é que os preços voltam a aumentar?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.