Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo
Explicador Renascença da Tarde
Ouça o Explicador Renascença

Explicador Renascença

Juros voltam a subir. Crédito à habitação vai voltar a aumentar?

14 set, 2023 • Fátima Casanova


A taxa de refinanciamento, que tem impacto no dinheiro para emprestar às famílias, sobe agora para 4,5%.

O Banco Central Europeu (BCE) voltou a subir esta quinta-feira as taxas de juro, um aumento de 25 pontos base, para 4,50%.

No entanto, abre a porta à manutenção dos juros nos próximos meses, ao invés de novos aumentos.

O Explicador Renascença clarifica como é que esta nova subida afeta os custos da Habitação.

Qual foi a subida?

Sim. É a décima subida consecutiva das taxas de juro pelo BCE.

Uma subida de 0,25 pontos percentuais em todas as taxas diretoras.

Aquela que tem impacto no dinheiro para emprestar às famílias, a taxa de refinanciamento, sobe agora para 4,5%.

Crédito à habitação vai voltar a aumentar?

Pode ser essa a tendência, para quem tem crédito com taxa variável.

As alterações só acontecem no momento da revisão dos contratos, o que acontece em função do indexante da Euribor: a três, seis ou 12 meses.

Este aumento, de certa forma, já era esperado pelos mercados, o que quer dizer que os custos dos empréstimos têm estado a subir, antecipando este anúncio do BCE.

Qual o agravamento da prestação da casa?

Vamos supor uma família com um empréstimo de 150 mil euros, a 30 anos, com um spread de 1%: com a Euribor a seis meses, na próxima revisão do indexante vai passar a pagar mais cerca de 25 euros por mês.

Ou seja, passa a ficarcom uma prestação superior a 700 euros.

Qual foi o agravamento, desde o início desta escalada das taxas?

Teve um agravamento de cerca de 320 euros.

A prestação que estaria a rondar os 400 euros, passou para 730 euros, o que significa um aumento superior a 80%.

Porque é que o BCE voltou a subir as taxas?

A aposta na subida das taxas de juro de referência tem como objetivo reduzir a inflação da zona euro para perto dos 2%.

A estimativa para este ano aponta para uma taxa de inflação de 5,6% e, pelos cálculos do BCE, a meta dos 2% não será alcançada antes de 2025.

Até lá, a estratégia do BCE passa por desincentivar o consumo, justamente através do aumento das taxas de juro.

E a presidente do BCE disse que iria assegurar, taxas de juro em níveis altos enquanto fosse necessário.

Mas é só a presidente do BCE que dita as ordens?

Não, há sempre um conjunto de governadores dos bancos centrais da zona euro que tem direito de voto.

As subidas anteriores foram decididas por unanimidade, mas desta vez já não foi assim.

Não obstante, a decisão de subir as taxas diretoras teve o apoio de uma maioria sólida, como disse a presidente do BCE em conferência de imprensa.

Como votou o governador do Banco de Portugal?

Não há números de votos, nem quem os deu, mas podemos sempre recordar que Mário Centeno, o governador do Banco de Portugal, há cerca de uma semana disse que o BCE corria o risco de estar a “fazer demais” na sua escalada de juros, sugerindo uma pausa.

Mesmo assim, não se sabe ao certo qual o sentido do seu voto.

​O que sabemos da visita de Zelensky a Portugal?
JPP é a surpresa das eleições na Madeira. Afinal, que partido é este?
Imprimir o bilhete? Ir a pé ou de carro? O que precisa de saber para o concerto de Taylor Swift
O que prevê o pacote do Governo de apoio aos jovens?
Governo alivia restrições ao consumo de água. A seca desagravou?
Portugal vai reconhecer a Palestina?
Professores. Por que é que há sindicatos que não aceitaram o acordo do Governo?
O que diz o acordo entre professores e o Governo?
Por que é que o Tribunal Penal Internacional pede mandado de captura a Netanyahu?
Quais são as novas regras das transferências bancárias?
Visita "Ad Limina": o que é e em que consiste?
Devia Aguiar-Branco ter reprimido Ventura no Parlamento?
Cristo Rei faz 65 anos. O que sabemos sobre este monumento?
O que esperar do acordo para reduzir o valor do IRS?
Afinal, o Papa vai ou não a Niceia?
O que motivou o ataque ao primeiro-ministro da Eslováquia?
Risco de pobreza aumentou em 2023. Quem são as famílias em maior risco?
Aeroporto Luís de Camões. É desta que a obra é feita?
Porque vai a eletricidade ficar mais cara em junho?
Os Super Dragões terão ficado com bilhetes para benefício próprio?
Hospitais com falhas em medicamento usado para tratar cancro. O que está a ser feito?
Como aceder ao complemento solidário para idosos?
Subida de 50 euros no CSI. Quando é que idosos começam a receber os aumentos?
Por que é que estão a aumentar os casos de tosse convulsa?
Jovens com direito à devolução de propinas devem fazer IRS?
Afinal o acordo de rendimentos do anterior Governo é mesmo para cumprir. O que significa?
José Castelo Branco detido pela GNR. O que se sabe até agora?
Afinal, o Sporting tem 20 ou 24 campeonatos?
Quanto recebem os eurodeputados fora do Parlamento Europeu?
O que é o crime de "traição à pátria" de que Marcelo pode ser acusado pelo Chega?
Quem é o jovem português que incentivava e coordenava massacres online?
Fim do pagamento das ex-SCUT vai avançar? Ou Governo avança com lei travão?
Portagens vão ser eliminadas nas ex-Scut?
Excedente em janeiro passou a défice em março. O que aconteceu?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.