Tempo
|
Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo
Parlamento debate descriminalização das drogas sintéticas. Qual é o objetivo?

EXPLICADOR RENASCENÇA

Parlamento debate descriminalização das drogas sintéticas. Qual é o objetivo?

04 jul, 2023 • Sérgio Costa


PS e PSD apresentam propostas no sentido de descriminalizar a posse de pequenas doses de drogas sintéticas, como ecstasy e LSD. Objetivo passa por não penalizar o consumidor e tentar apertar o cerco ao tráfico. Ministros da Saúde e da Administração Interna pedem cautela.

O Parlamento debate esta terça-feira a descriminalização das drogas sintéticas. Há dois projetos nesse sentido: um do PSD e outro do PS.

O objetivo é proteger os consumidores permitindo a posse de pequenas doses para consumo. No fundo, é equiparar este tipo de estupefaciente ao que já acontece com outro tipo de drogas - as chamadas drogas clássicas. Pretende-se não penalizar o consumidor com pequenas doses e tentar apertar o cerco ao tráfico.

O que são drogas sintéticas?

Sobretudo comprimidos. As drogas sintéticas são aquelas que são criadas e fabricadas de modo artificial, através de compostos químicos, para produzir efeitos semelhantes aos de outras drogas naturais ou potencializar esse efeito. As mais conhecidas são o ecstasy e o LSD

Por que razão se pretende descriminalizar o uso?

Os deputados entendem ser necessário distinguir aquilo que deve ser reprimido, ou seja, o tráfico de droga, daquilo que deve ser tratado, que é o vício no consumo de droga.

Porquê? Porque há cada vez mais internamentos e tratamentos em psiquiatria em resultado do consumo e pretende-se não criminalizar o consumidor.

Não poderá haver um risco de potenciar ainda mais o consumo?

Os deputados sustentam que os projetos direcionam a lei para reprimir o tráfico e não para promover o consumo. No entanto, os mais recentes dados mostram, de facto, um aumento do consumo de drogas sintéticas e aumento de internamentos.

O mais recente relatório europeu dobre drogas dá conta da apreensão de quase sete toneladas de drogas sintéticas em 2020 e de que há um risco cada vez maior de exposição a este tipo de drogas, o que implica sérias ameaças para a saúde e, em alguns casos, risco de vida.

Alguns ministros já vieram pedir cautela nesta questão. Porquê?

Desde logo o ministro da Administração Interna. José Luís Carneiro alerta para a necessidade de distinguir bem a droga para o consumo e para o tráfico.

Poderá haver casos em que alguém possui pequenas quantidades, mas que podem ter como destino o tráfico. Daí a necessidade de distinguir da melhor forma. Manuel Pizarro, ministro da Saúde, também já fez declarações no mesmo sentido.

Urgências vão começar a passar baixas? Saiba o que muda
"Autobaixas" estão em alta. Está tudo a ficar doente?
O segundo ciclo deve continuar ou acabar?
A Europa está a preparar-se para entrar em guerra com a Rússia?
Como funciona o voto antecipado?
Como é que devo validar as minhas faturas?
Como evitar burlas no arrendamento de casas?
O que é que causou o incêndio que consumiu prédio em Valência?
Quais são os problemas no atendimento ao cidadão?
Quem vai estar dispensado de preencher o IRS?
Por que é que o sarampo se está a propagar rapidamente?
Julian Assange vai ser extraditado para os EUA?
Protesto dos polícias no Capitólio foi autorizado?
Missão militar europeia no Mar Vermelho. Quais são os meios e os objetivos?
O que é que fez o endividamento das famílias quadruplicar desde 2015?
Morreu Alexei Navalny. O que se sabe até agora?
Julgamento de suspeito do rapto de Maddie McCann está relacionado com o caso?
Madeira. O que é que vai acontecer agora que os três detidos foram libertados?
Já é possível ter o cartão de cidadão e a carta de condução no telemóvel. Como é que funciona?
Vai ser possível consultar online as declarações de rendimentos e património dos políticos. Que plataforma é esta?
A Meta vai limitar o acesso a sugestões de conteúdo político nas redes sociais. O que é que isto significa?
Presencial, correspondência ou antecipado. Como votar nas eleições legislativas?
Por que é que as televisões recusaram debates com Nuno Melo a representar a AD?
Abandono escolar aumenta em Portugal. Porquê?
Por que é que há bancos a bloquear as contas dos clientes?
Baixas médicas e fim de grupo operacional. O que se passa na PSP?
A PSP está a investigar a própria PSP por suspeitas de fraude?
Quem é o pirata português procurado nos EUA?
Existe uma relação contratual entre um estafeta e a Uber Eats?
Dengue deixa Rio de Janeiro em estado de emergência. A culpa é do mosquito?
Os protestos dos polícias podem impedir as eleições legislativas?
O que sabemos da manifestação anti-Islão?
Cessar-fogo à vista. Aproxima-se o fim da guerra entre Israel e Hamas?
Agricultores protestam e cortam estradas em Portugal. Porquê?
Telecomunicações mais caras. Por que é que os preços voltam a aumentar?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.