Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo
Há nove opções possíveis. Onde é que vai ficar o novo aeroporto de Lisboa?

EXPLICADOR RENASCENÇA

Nove hipóteses. Onde é que vai ficar o novo aeroporto de Lisboa?

28 abr, 2023 • André Rodrigues


A Comissão Técnica Independente apresentou esta quinta-feira uma lista com as alternativas para o novo aeroporto de Lisboa, reduzindo as 17 possibilidades iniciais para nove. Pegões, Rio Frio e Poceirão são novidades e há opções que equacionam tornar o atual Aeroporto Humberto Delgado numa infraestrutura secundária. Relatório final da comissão será entregue até ao final do ano.

Está fechada a lista de opções para o novo aeroporto de Lisboa. Chegaram a ser 17 as possibilidades em cima da mesa, mas esta quinta-feira foi conhecida a shortlist de opções.

Há nove localizações possíveis. Cinco já eram conhecidas, por proposta do Governo: Portela/Montijo, ou Montijo/Portela - podendo o atual Aeroporto da Portela tornar-se na infraestrutura secundária -, Alcochete, Portela/Santarém e Santarém.

A estas opções, a Comissão Técnica Independente acrescentou quatro alternativas: Portela/Alcochete, Pegões, Portela/Pegões e Rio Frio/Poceirão, que é a única solução que exclui a manutenção do Aeroporto Humberto Delgado.

Como é que se chegou a esta lista mais restrita? Quais foram os critérios?

Entre os fatores decisivos, listam-se a proximidade ao centro de Lisboa - sendo que aqui o ponto de referência é a média europeia fixada em 22 quilómetros -, a existência de infraestruturas rodoviárias e de ferrovia que sirvam o aeroporto e a área de expansão da capacidade aeroportuária, fixada nos mil hectares.

Mas há outros critérios, como a capacidade de movimentos por hora, os conflitos com o espaço aéreo militar, riscos naturais - como inundação e sismos -, ou os impactos junto das populações e do meio ambiente.

No total, são 10 os critérios de viabilidade que permitiram à Comissão Técnica Independente chegar a uma lista final de nove opções.

Mas é a comissão que vai decidir onde fica o novo aeroporto de Lisboa?

Não. A comissão independente vai entregar ao Governo um relatório comparativo das diferentes alternativas, identificando aquela que, na opinião dos peritos, estará mais bem colocada para ser a opção final.

Dentro de quanto tempo é que o relatório tem de ser entregue?

O prazo máximo estabelecido para a entrega deste documento está marcado para 31 de dezembro de 2023.

No entanto, de acordo com o calendário de trabalhos da comissão, haverá já em outubro uma versão preliminar do relatório, que, posteriormente, será colocada em discussão pública. Só depois sairá o relatório final a entregar ao Governo.

Há algum prazo para uma tomada de decisão do Governo?

Não há prazo. Certo é que a tomada de decisão do executivo terá sempre por base este relatório da Comissão Técnica Independente, criada na sequência de um entendimento entre António Costa e o PSD e que permitiu, por exemplo, a inclusão de Santarém entre as localizações possíveis para o novo aeroporto de Lisboa.

Quando é que haverá novo aeroporto?

Não há uma data prevista. Contudo, o Governo comprometeu-se com a construção do novo aeroporto de Lisboa antes de 2035.

A promessa foi feita há quase dois anos pelo então ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.

JPP é a surpresa das eleições na Madeira. Afinal, que partido é este?
Imprimir o bilhete? Ir a pé ou de carro? O que precisa de saber para o concerto de Taylor Swift
O que prevê o pacote do Governo de apoio aos jovens?
Governo alivia restrições ao consumo de água. A seca desagravou?
Portugal vai reconhecer a Palestina?
Professores. Por que é que há sindicatos que não aceitaram o acordo do Governo?
O que diz o acordo entre professores e o Governo?
Por que é que o Tribunal Penal Internacional pede mandado de captura a Netanyahu?
Quais são as novas regras das transferências bancárias?
Visita "Ad Limina": o que é e em que consiste?
Devia Aguiar-Branco ter reprimido Ventura no Parlamento?
Cristo Rei faz 65 anos. O que sabemos sobre este monumento?
O que esperar do acordo para reduzir o valor do IRS?
Afinal, o Papa vai ou não a Niceia?
O que motivou o ataque ao primeiro-ministro da Eslováquia?
Risco de pobreza aumentou em 2023. Quem são as famílias em maior risco?
Aeroporto Luís de Camões. É desta que a obra é feita?
Porque vai a eletricidade ficar mais cara em junho?
Os Super Dragões terão ficado com bilhetes para benefício próprio?
Hospitais com falhas em medicamento usado para tratar cancro. O que está a ser feito?
Como aceder ao complemento solidário para idosos?
Subida de 50 euros no CSI. Quando é que idosos começam a receber os aumentos?
Por que é que estão a aumentar os casos de tosse convulsa?
Jovens com direito à devolução de propinas devem fazer IRS?
Afinal o acordo de rendimentos do anterior Governo é mesmo para cumprir. O que significa?
José Castelo Branco detido pela GNR. O que se sabe até agora?
Afinal, o Sporting tem 20 ou 24 campeonatos?
Quanto recebem os eurodeputados fora do Parlamento Europeu?
O que é o crime de "traição à pátria" de que Marcelo pode ser acusado pelo Chega?
Quem é o jovem português que incentivava e coordenava massacres online?
Fim do pagamento das ex-SCUT vai avançar? Ou Governo avança com lei travão?
Portagens vão ser eliminadas nas ex-Scut?
Excedente em janeiro passou a défice em março. O que aconteceu?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.