Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo
Hidrogénio Verde chega à rede do Seixal, mas o que significa?

Explicador Renascença

Hidrogénio Verde chega à rede do Seixal, mas o que significa?

07 mar, 2023 • Miguel Coelho


Esta terça-feira teve lugar a cerimónia que marcou oficialmente a primeira injeção de hidrogénio verde numa rede de gás natural em Portugal, mais precisamente no Seixal.


O que representa esta primeira rede do país em que circula hidrogénio verde?

Representa, para já, um projeto piloto que mistura hidrogénio verde numa rede de gás natural em circuito fechado, no Seixal. A experiência começou com 2% de hidrogénio e, no espaço de dois anos, deverá chegar aos 20%. O objetivo é confirmar que esta solução é viável, para que possa ser alargada no futuro. Para já, vai abastecer apenas cerca de 80 consumidores.

A empresa que está a liderar este projeto é a Floene, que até há poucos meses conhecíamos como Galp Gás Natural Distribuição, e que aposta no desenvolvimento desta tecnologia do hidrogénio verde - tal como está a acontecer com muitas outras empresas em Portugal e noutras zonas do Mundo.

O que significa o hidrogénio verde?

Quando se fala em verde não é realmente a cor do hidrogénio, o nome deve-se ao facto deste ser produzido sem emissões poluentes.

Convém lembrar que o hidrogénio é o elemento químico mais abundante do Universo, embora não na Terra, curiosamente, mas ainda assim está em quase todo o lado: na atmosfera, na água, nas próprias rochas..

O hidrogénio verde é barato?

Na verdade não, porque é preciso extraí-lo. É preciso separar as moléculas de hidrogénio contidas, por exemplo, na água ou noutras matérias-primas, o que até já acontece. Há muito que o hidrogénio é usado, por exemplo, como combustível dos foguetões, só que é obtido com recurso a métodos poluentes. Há o hidrogenio preto, produzido a partir do carvão e, escusado será dizer, que é péssimo para o ambiente. Também há o chamado hidrogénio cinzento, obtido através de gás natural, e que é a grande maioria do hidrogénio produzido atualmente, mas que liberta também muito dióxido de carbono. O hidrogénio azul já é um pouco melhor, porque algum desse dióxido de carbono é capturado e armazenado.

Há também hidrogénio gerado a partir do metano, designado de hidrogénio turquesa. E há mais cores, entre as quais o hidrogénio rosa, que é gerado com energia nuclear.

Afinal, o que é o hidrogénio verde?

O hidrogénio verde é aquele que é considerado mais amigo do ambiente, porque é obtido através da chamada eletrólise da água. Basicamente, é passada uma corrente elétrica pela água para decompô-la em oxigénio por um lado e hidrogénio por outro. Mas, para ser considerado verde, é preciso usar apenas fontes de eletricidade renováveis, como a energia produzida pelas barragens, energia eólica ou solar, o que também é um dado importante, porque são fontes abundantes em Portugal.

Quais são os fatores que dificultam a implementação desta tecnologia?

Trata-se de uma tecnologia ainda pouco desenvolvida e cara. O hidrogénio verde pode custar o dobro ou mais, em comparação com o hidrogénio convencional. Ainda vai ser preciso investir muitos milhares de milhões de euros em eletrolisadores, ou dito de outra forma em fábricas de hidrogénio, para que seja possível produzir em quantidades que possam ser comercializadas.

Acredita-se que nos próximos anos os custos possam diminuir, mas é um processo de longo prazo. Em Portugal, o objetivo para 2030 é ter 5% de hidrogénio verde no consumo final de energia. Para já ainda estamos numa fase de experiências, como a que agora começou no Seixal.

Professores. Por que é que há sindicatos que não aceitaram o acordo do Governo?
O que diz o acordo entre professores e o Governo?
Por que é que o Tribunal Penal Internacional pede mandado de captura a Netanyahu?
Quais são as novas regras das transferências bancárias?
Visita "Ad Limina": o que é e em que consiste?
Devia Aguiar-Branco ter reprimido Ventura no Parlamento?
Cristo Rei faz 65 anos. O que sabemos sobre este monumento?
O que esperar do acordo para reduzir o valor do IRS?
Afinal, o Papa vai ou não a Niceia?
O que motivou o ataque ao primeiro-ministro da Eslováquia?
Risco de pobreza aumentou em 2023. Quem são as famílias em maior risco?
Aeroporto Luís de Camões. É desta que a obra é feita?
Porque vai a eletricidade ficar mais cara em junho?
Os Super Dragões terão ficado com bilhetes para benefício próprio?
Hospitais com falhas em medicamento usado para tratar cancro. O que está a ser feito?
Como aceder ao complemento solidário para idosos?
Subida de 50 euros no CSI. Quando é que idosos começam a receber os aumentos?
Por que é que estão a aumentar os casos de tosse convulsa?
Jovens com direito à devolução de propinas devem fazer IRS?
Afinal o acordo de rendimentos do anterior Governo é mesmo para cumprir. O que significa?
José Castelo Branco detido pela GNR. O que se sabe até agora?
Afinal, o Sporting tem 20 ou 24 campeonatos?
Quanto recebem os eurodeputados fora do Parlamento Europeu?
O que é o crime de "traição à pátria" de que Marcelo pode ser acusado pelo Chega?
Quem é o jovem português que incentivava e coordenava massacres online?
Fim do pagamento das ex-SCUT vai avançar? Ou Governo avança com lei travão?
Portagens vão ser eliminadas nas ex-Scut?
Excedente em janeiro passou a défice em março. O que aconteceu?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.