Explicador Renascença
As respostas às questões que importam sobre os temas que nos importam.
A+ / A-
Arquivo
Do Banif a Isabel dos Santos, Costa responde às dúvidas do PSD. Assunto encerrado?

EXPLICADOR RENASCENÇA

Do Banif a Isabel dos Santos, Costa responde às dúvidas do PSD. Assunto encerrado?

25 jan, 2023 • Sérgio Costa


Num "Costa contra Costa", o ex-governador do Banco de Portugal lançou a "primeira pedra" sobre as suspeitas que atualmente recaem em António Costa. Entre favorecimentos na venda do Banif e a alegada proteção de Isabel dos Santos, o primeiro-ministro refuta novamente o que considera serem acusações "falsas e ofensivas". Mas o livro ainda terá final em aberto.

O primeiro-ministro já respondeu às 12 interrogações do PSD, levantadas há dois meses, sobre o Banif e as alegadas pressões junto do Banco de Portugal para garantir a proteção de Isabel dos Santos.

Em resumo, as indagações dos sociais-democratas estão relacionadas com a venda do Banif, cujas suspeitas apontam para um possível favorecimento do comprador - o banco Santander - e ainda com a alegada proteção da posição de Isabel dos Santos no EuroBic.

Em 2016, António Costa terá exercido pressão sobre Carlos Costa, o então governador do Banco de Portugal, sublinhando que não poderia ser posta em causa a filha de um presidente de um país amigo..

Como surgiram estas suspeitas?

Através do livro "O Governador", da autoria do jornalista Luís Rosa. Trata-se de uma obra sobre o mandato de Carlos Costa no Banco de Portugal, no qual o ex-governador denuncia as alegadas pressões do primeiro-ministro.

Em entrevistas posteriores, Carlos Costa sublinhou ter recebido telefonemas de António Costa num tom pouco aceitável. No mesmo livro, é levantada a suspeita sobre o alegado favorecimento do Santander na venda do BANIF.

Em resumo, o que responde o primeiro-ministro às questões do PSD?

Na prática, mantém quase tudo o que já havia dito anteriormente. António Costa garante que nunca fez quaisquer diligências a favor da idoneidade de Isabel dos Santos junto do Banco de Portugal "ou de quem quer que seja".

Quanto ao Banif, o primeiro-ministro faz uma cronologia do que aconteceu até à resolução do banco, rejeitando que o Governo tenha tido um papel ativo para precipitar o processo de compra do Banif pelo Santander, em contexto de resolução.

António Costa reconhece ter havido contactos com Carlos Costa. Que contactos foram esses?

O primeiro-ministro revela ter transmitido ao ex-governador do Banco de Portugal, de forma "leal, direta e informalmente", que um bloqueio no acordo alcançado entre os acionistas do BPI – protagonizado por Isabel do Santos – era um risco para a estabilidade do sistema financeiro.

António Costa nega, contudo, ter feito qualquer tipo de pressão.

É um assunto considerado encerrado?

Não propriamente. E haverá duas duas razões que apontam no sentido inverso: por um lado, o PSD deverá reagir às respostas de António Costa. Por outro lado, recorde-se que na sequência das denúncias, que o primeiro-ministro classificou de "falsas e ofensivas", Costa anunciou em novembro que vai processar o ex-governador.

Logo, é um caso que não deve terminar tão cedo.

​O que sabemos da visita de Zelensky a Portugal?
JPP é a surpresa das eleições na Madeira. Afinal, que partido é este?
Imprimir o bilhete? Ir a pé ou de carro? O que precisa de saber para o concerto de Taylor Swift
O que prevê o pacote do Governo de apoio aos jovens?
Governo alivia restrições ao consumo de água. A seca desagravou?
Portugal vai reconhecer a Palestina?
Professores. Por que é que há sindicatos que não aceitaram o acordo do Governo?
O que diz o acordo entre professores e o Governo?
Por que é que o Tribunal Penal Internacional pede mandado de captura a Netanyahu?
Quais são as novas regras das transferências bancárias?
Visita "Ad Limina": o que é e em que consiste?
Devia Aguiar-Branco ter reprimido Ventura no Parlamento?
Cristo Rei faz 65 anos. O que sabemos sobre este monumento?
O que esperar do acordo para reduzir o valor do IRS?
Afinal, o Papa vai ou não a Niceia?
O que motivou o ataque ao primeiro-ministro da Eslováquia?
Risco de pobreza aumentou em 2023. Quem são as famílias em maior risco?
Aeroporto Luís de Camões. É desta que a obra é feita?
Porque vai a eletricidade ficar mais cara em junho?
Os Super Dragões terão ficado com bilhetes para benefício próprio?
Hospitais com falhas em medicamento usado para tratar cancro. O que está a ser feito?
Como aceder ao complemento solidário para idosos?
Subida de 50 euros no CSI. Quando é que idosos começam a receber os aumentos?
Por que é que estão a aumentar os casos de tosse convulsa?
Jovens com direito à devolução de propinas devem fazer IRS?
Afinal o acordo de rendimentos do anterior Governo é mesmo para cumprir. O que significa?
José Castelo Branco detido pela GNR. O que se sabe até agora?
Afinal, o Sporting tem 20 ou 24 campeonatos?
Quanto recebem os eurodeputados fora do Parlamento Europeu?
O que é o crime de "traição à pátria" de que Marcelo pode ser acusado pelo Chega?
Quem é o jovem português que incentivava e coordenava massacres online?
Fim do pagamento das ex-SCUT vai avançar? Ou Governo avança com lei travão?
Portagens vão ser eliminadas nas ex-Scut?
Excedente em janeiro passou a défice em março. O que aconteceu?
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Petervlg
    25 jan, 2023 Trofa 08:56
    Isto é uma vergonha o que se esta a passar, e os órgãos competentes acham normal! Temos o Sr. Presidente da Republica, que gosta de passear e deixar andar...