Tempo
|
Euranet
Euranet
“Compromisso Verde” é um podcast quinzenal sobre crescimento sustentável e transição energética. Da pandemia dos plásticos aos pecados da chamada moda rápida, cada episódio um tema. Uma nova edição disponível às quartas-feiras às 18h00. Esta é uma parceria Renascença Euranet Plus.
A+ / A-
Arquivo

Euranet

Que países estão à porta da União Europeia?

22 jun, 2022 • Vasco Gandra, correspondente em Bruxelas


Ucrânia e Moldávia vão receber estatuto de países candidatos, mas há outras nações com ambições de adesão ao clube europeu.

Os líderes europeus preparam-se para dar à Ucrânia e à Moldávia o estatuto de países candidatos à adesão à União Europeia, na cimeira que decorre esta quinta e sexta-feira, em Bruxelas.

Entretanto, na "fila de espera" estão já vários países, a maioria dos Balcãs. Os 27 vão aliás reunir-se com os líderes dos países dos Balcãs Ocidentais esta quinta-feira, antes do Conselho Europeu.

Entre os diferentes aspirantes, há os que já têm o estatuto de candidato e estão a negociar com a UE os capítulos de adesão, há os que ainda só têm o estatuto de candidato e os que são apenas potenciais candidatos. Este é o ponto de situação.

Países em negociações de adesão com a UE já iniciadas

Montenegro

O Montenegro manifestou o seu pedido de adesão à UE em dezembro de 2008 e em 2010 o Conselho Europeu atribuiu-lhe o estatuto de país candidato.

As negociações de adesão começaram em 2012. Foram abertos até ao momento 33 dos 35 capítulos de negociação, três dos quais foram já provisoriamente encerrados.

Sérvia

A Sérvia apresentou o pedido de adesão ao bloco comunitário em dezembro de 2009 e recebeu o estatuto de país candidato em 2012.

As negociações de adesão tiveram início em janeiro de 2014. Até agora, estão abertos 22 dos 35 capítulos de negociação, dois dos quais foram já provisoriamente encerrados.

Turquia

A Turquia obteve o estatuto de país candidato na sequência da reunião do Conselho Europeu que se realizou em Helsínquia em dezembro de 1999.

As negociações de adesão começaram em outubro de 2005. Em 2016 tinham sido abertos 16 dos 35 capítulos, um dos quais provisoriamente encerrado.

Em 2018, o Conselho constatou que as negociações de adesão estão paradas e não podem ser considerados mais capítulos de negociação. Na prática, as negociações estão congeladas devido a uma série de atritos entre a UE e a Turquia.

Decisões de abertura de negociações de adesão

Albânia

A Albânia suscitou o seu pedido de adesão à União em abril de 2009 e obteve o estatuto de país candidato em 2014.

Em março de 2020, os 27 deram o seu acordo político à abertura de negociações de adesão com a Albânia mas o processo ainda não começou. Deverá ser encarado juntamente com o da Macedónia do Norte.

Macedónia do Norte

A República da Macedónia do Norte apresentou o seu pedido de adesão à UE em março de 2004.

Recebeu o estatuto de país candidato em dezembro de 2005. Tal como a Albânia, a Macedónia do Norte obteve o acordo político dos 27 para abertura de negociações de adesão em março de 2020.

Atualmente, a Bulgária que tem um litígio com a República da Macedónia do Norte bloqueia uma eventual decisão para a abertura de negociações.

Potenciais candidatos

Bósnia-Herzegovina

A Bósnia-Herzegovina apresentou o seu pedido de adesão ao bloco comunitário em fevereiro de 2016.

A Comissão Europeia adotou o seu parecer em 2019 identificando 14 prioridades fundamentais a cumprir pelo país com vista à abertura das negociações de adesão à UE.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.