Tempo
|

A+ / A-

Rádio Oficial

20 anos de Rock in Rio Lisboa com Ed Sheeran, Scorpions e Camila Cabello

Marina Duarte com Rock in Rio


O Rock in Rio Lisboa celebra 20 anos com nova localização e Ed Sheeran foi o primeiro nome confirmado. Mas há mais novidades e os bilhetes já estão à venda.

Rock in Rio Lisboa 2024 será no Parque Tejo. Ed Sheeran é o primeiro nome confirmado
Rock in Rio Lisboa 2024 será no Parque Tejo. Ed Sheeran é o primeiro nome confirmado

Portugal foi o país escolhido para a estreia do Rock in Rio fora do Brasil e o sucesso foi imediato. A confirmá-lo estão 20 anos de nomes grandes (gigantes!) da música que subiram ao palco no Parque da Bela Vista, em Lisboa

Rolling Stones, Bruce Springsteen, Stevie Wonder, Metallica, Amy Winehouse, Miley Cirus, Muse, Paul McCartney, Foo Fighters, Sting, Black Eyed Peas, Alicia Keys e Britney Spears são apenas alguns dos nomes que encheram de magia a Cidade do Rock.

A celebrar duas décadas em Portugal, o Rock in Rio Lisboa não deixa de nos surpreender e as novidades só agora estão a começar. Em primeiro lugar está confirmada uma nova localização. O Parque Tejo é a nova casa do festival nos dias 15, 16, 22 e 23 de junho de 2024.

O primeiro nome anunciado foi Ed Sheeran. 10 anos depois da sua estreia no Rock in Rio Lisboa, o cantor regressa a Lisboa a 16 de junho.

Os restantes artistas que vão subir ao Palco Mundo da Cidade do Rock, nesse mesmo dia também já foram revelados. O britânico Calum Scott, o brasileiro Jão e o português Fernando Daniel juntam-se assim a Ed Sheeran, prometendo um dia repleto de hits.

Camila Cabello foi o primeiro nome revelado para o Palco Mundo dia 23 de junho, e traz os grandes êxitos que não nos saem da cabeça como “Havana” e “Señorita”. Este é também o dia em que Aitana abre o Palco Mundo e Doja Cat vai ser cabeça de Cartaz. Luísa Sonza e Pedro Sampaio sobem ao Palco Galp para animarem a festa, com a sua energia e estilo musical que vai do pop ao funk.

Para dia 22 de junho estão confirmados os britânicos James e a mais assídua cantora da edição de Lisboa do Rock in Rio: Ivete Sangalo.

Para 15 de junho já foram também revelados: Scorpions, Evanescence, Extreme e Xutos & Pontapés com Orquestra Filarmónica Portuguesa.

Em breve, revelamos mais novidades!

Para garantir o seu lugar na 20ª edição do Rock in Rio Lisboa já pode comprar os seus bihetes.

A edição limitada de passes de fim de semana, válidos para dois dias do festival (15 e 16 ou 22 e 23 de junho), já está à venda por 147€. Os bilhetes VIP diários, para quem procura uma experiência mais exclusiva, continuam disponíveis com um valor de 360€. Já os bilhetes diários estão à venda por 84€.

Entretanto, o Pack Rock in Rio Lisboa Edição Especial 20 Anos esgotou. Se adquiriu um destes Packs, tem entre os dias 16 de janeiro e 26 de março para fazer a troca do voucher pelo bilhete diário, em exclusivo nas lojas Worten. A partir de dia 26 de março, pode realizar a troca, ficando sujeita à disponibilidade de bilhetes para cada dia.

Para além do site oficial do festival, pela primeira vez em 20 anos, a Worten passa a ser a bilheteira oficial do festival. Vão ser mais de 150 pontos de venda (lojas Worten) de norte a sul do país, a que se juntam o website Worten e a aplicação. É só escolher o dia ou dias em que quer ir ao Rock in Rio e comprar os seus bilhetes ou oferecer a alguém de quem gosta.

20 anos de Rock in Rio

Roberta Medina, Vice Presidente Executiva do Rock in Rio deixa o convite e a promessa de uma 20ª edição com mais e melhor: “Como não é todos os dias que se faz 20 anos, vamos fazer aquilo que melhor sabemos fazer, a festa!, numa edição especial: num espaço novo que vai permitir trazer mais entretenimento, mais conforto, casas de banho, áreas de alimentação e de descanso, elevando a experiência do público a um outro patamar, e que também nos vai permitir trazer novas propostas para dentro da Cidade do Rock, que na largada já traz Ed Sheeran na banda sonora! Não poderíamos ter um início melhor!”.

Apesar da nova localização, a organização garante que o festival “manterá a capacidade do anterior recinto, no Parque da Bela Vista, para 80.000 pessoas. A área da clareira do Palco Mundo terá aproximadamente as mesmas dimensões da clareira do Palco Mundo do Parque da Bela Vista, mas serão utilizados 30 mil m2 a mais para dar conforto para o público passear entre atrações e para trazer novas atrações.

Esta nova localização oferecerá ao público uma experiência melhorada uma vez que o espaço é mais amplo, permitindo assim aumentar áreas de descanso e lazer e uma circulação mais fluida no recinto, alem de possibilitar uma melhor acessibilidade por ser um terreno mais plano.”

Novidades para 2024

Nesta edição, o icónico Palco Mundo vai beneficiar de um cenário de fundo deslumbrante entre o Rio Tejo e a Ponte Vasco da Gama.

Para as comemorações dos 20 anos está planeado um espetáculo audiovisual comemorativo a acontecer diariamente.

De volta a Cidade do Rock está, também, o Galp Music Valley, com propostas musicais nacionais e internacionais de grande relevância, para todas as idades e estilos musicais.

Uma novidade para esta edição é que a Cidade do Rock contará com um novo Palco, que surge como parte da estratégia do festival de reforçar a oferta musical trazendo ainda mais concertos de grande porte.

O Super Bock Digital Stage vai continuar a oferecer uma grande experiência de entretenimento, com música, dança e humor, projetando os momentos mais virais dos últimos 20 anos e apresentando as estrelas da internet que moldarão os próximos 20.

A Rock Street também esta de volta e regressa com o mesmo tom provocativo, para falar do encontro entre pessoas e tecnologia e como valorizamos o humano e usamos a tecnologia de forma construtiva e saudável.

Outros espaços que se revelaram um sucesso na sua estreia, em 2022, também transitam para o novo recinto, nomeadamente o Chef’s Garden, que vai trazer o melhor da portugalidade através da gastronomia para dentro da Cidade do Rock; e o ESC Online Sports Bar, que ganha um protagonismo maior esta edição por coincidir com período de campeonato europeu de futebol.

A preocupação “Por um Mundo Melhor” mantém-se e será celebrada com um espaço próprio: na já icónica Pala do Parque Tejo Lisboa, o festival irá criar uma área que explora estes 20 anos na perspetiva socioambiental, recordando os projetos que fazem parte do legado do festival.

De 1985 até 2024

Uma estreia nesta nova Cidade do Rock é a Rota 85. Se o Rock in Rio em Portugal celebra 20 anos, não podemos esquecer que a sua história, na verdade, começou duas décadas antes, mais concretamente em 1985, quando Roberto Medina fundou o festival no Rio de Janeiro, dando voz a uma geração oprimida que acabava de sair da ditadura militar.

40 anos depois, o festival já percorreu o mundo, mantem uma base no Brasil e outra em Portugal e já deixou um legado por todos os países por onde passou.

Nesta Rota 85, o público vai poder conhecer melhor a história daquele que hoje é um dos maiores eventos de música do mundo, fotografar vários elementos cenográficos gigantes que certamente vão rechear páginas de Instagram (como o famoso ténis enlameado, uma das imagens de marca da primeira edição da história do festival), assistir a um pequeno filme documental do festival no cinema da Rota, celebrar a sua união com o Elvis, ao estilo de Las Vegas, entre outras atividades.

Com nove edições históricas apenas em Portugal (22 no mundo), mais de 1.100 artistas, um público de mais de 3 milhões de pessoas, e a criação de mais de 87.000 empregos diretos e indiretos, o Rock in Rio Lisboa estabeleceu-se como um evento que transcende a música e torna-se uma força motriz para a economia, a cultura e o desenvolvimento social de Portugal.

Dias 15, 16, 22 e 23 de junho de 2024 a Renascença marca novamente presença no Rock in Rio Lisboa como rádio oficial. Tal como nos últimos 20 anos, vamos trazer-lhe todas as novidades e contamos com a sua presença.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.