A+ / A-

Quarta-feira, 15 de março

Isabel Figueiredo


Deus espera sempre o melhor de cada um de nós

Bom dia, 15 de março

Bom dia!

Perante a análise de qualquer realidade, levanta-se sempre a mesma questão: quais serão as perguntas difíceis e as fáceis? Quais serão as interrogações sérias que podemos provocar e quais as que tocam a superfície daquela realidade?

Esta permanente opção que nos é dada, implica sempre a capacidade de ser capaz de querer ver mais longe, de uma autonomia de pensamento que nem sempre é fácil de ter espaço na vida agitada dos dias. Mas Deus espera sempre o melhor de cada um de nós. Mesmo dos que não acreditam que Ele está connosco.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.