Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022

Renascença Ouve +
Porta Aberta
A+ / A-

Associação Kêlê

Porta Aberta para Madalena Nogueira

02/10/2022 • Dina Isabel, António Freire


Madalena Nogueira tem 29 anos e é formada em Gestão. Mas uma experiência de voluntariado internacional durante 6 meses em São Tomé e Príncipe viria a mudar a sua vida. É lá que tem vivido nos últimos 2 anos e meio e se dedica à Associação Kêlê, que ajudou a criar.

Porta Aberta para Madalena Nogueira

Madalena Nogueira tem 29 anos, estudou economia no secundário, e seguiu a área de gestão na licenciatura e mestrado, com o 1º ano feito em Portugal e o segundo ano no Rio de Janeiro, no Brasil.

A Madalena desde pequena sempre teve o voluntariado presente na sua vida. Foi escuteira até aos 22 anos, e desde os 14 fez parte dos grupos de jovens do Campo Grande. Foram dois movimentos que tiveram um forte impacto na sua vida, ajudando bastante a formar a pessoa que é hoje em dia.

Nos últimos dois anos e meio tem vivido em São Tomé e Príncipe, onde ajudou a criar a Associação Kêlê, que significa ACREDITAR e que dá continuidade a um projeto de voluntariado em que cooperou com as Irmãs Franciscanas Missionárias de Guadalupe.

A Associação Kêlê pretende promover a melhoria da qualidade de vida da população, procurando garantir o acesso à educação inclusiva e de qualidade, diminuir o abandono escolar precoce, a redução das desigualdades através de projetos e atividades de caráter social, educativo e cultural, e o acesso a bens de primeira necessidade como alimentos e vestuário, entre outros.

Oiça esta edição do Porta Aberta nesta página e aproveite ainda para subscrever o podcast deste e de outros programas da Renascença AQUI.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.