|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes


Renascença Ouve +
A+ / A-

Conteúdo Patrocinado

Existe melhor do que uma boa hora de conversa? Participe n' A Hora da Júlia

Ana Marta Domingues


Na Renascença, de Segunda a Sexta, das 23h00 às 00h00, a conversa estende-se e aconchega. A Júlia Pinheiro espera todas as noites por si e pelo seu desabafo. Partilhe tristezas ou alegrias, mas venha com a certeza e o otimismo de que, no final, tudo vai ficar bem. Com Júlia Pinheiro e o melhor apoio: o colchão Emma, a tecnologia alemã, número 1 na Europa! E o desconto de 25% “Hora da Júlia” é mesmo para si.

Saiba tudo em colchãoemma.pt: Emma! Don’t Worry, Sleep Happy!

Além de uma boa noite de sono, existe melhor do que uma boa hora de conversa?

A Hora da Júlia surgiu há cerca de um mês na Renascença para ouvir os portugueses quando mais precisavam de falar. Em tempo de pandemia temos ouvido muitas histórias... Mas ainda falta a sua!

Carregue nas setas em baixo para ouvir cada história que seleccionámos ou cada uma das últimas emissões na íntegra. E aceite o desafio de ligar para a Renascença, conversar com a Júlia Pinheiro e juntar a sua a todas estas histórias que contam a vida portuguesa durante estes tempos especialmente difíceis...

Já sabe que para conversar à noite com a Júlia Pinheiro é preciso inscrever-se primeiro.

Pode fazê-lo durante a semana entre as 10h00 da manhã e as 18h00 ligando para o 966 850 059. Tem também um email: ahoradajulia@rr.pt. E durante a emissão aguardamos os seus whatsapps.

De Segunda a Sexta, entre as 23h00 e as 00h00, esqueça o resto e mantenha-se na Renascença - na rádio ou aqui em rr.sapo.pt - no seu computador ou na APP, para um serão único, de partilhas e afetos.

Recorde aqui algumas das muitas histórias que ouvimos nas últimas semanas de pandemia:

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.