Fernando Medina-João Taborda da Gama
O presidente da Câmara de Lisboa e um professor universitário (especialista em direito fiscal) a viver na capital olham para os principais temas da atualidade. Às terças e quintas, às 9h15
A+ / A-
Arquivo
Francisco Assis e João Taborda da Gama - 14/03/2019
Francisco Assis e João Taborda da Gama - 14/03/2019

F. Assis

“Usam-se demasiadas vezes os dinheiros públicos para a promoção de candidatos”

14 mar, 2019 • Redação


Já João Taborda da Gama diz entender a necessidade de evitar que "os candidatos ao Parlamento Europeu não estejam a ser passeados de forma promocional por esse país fora".

O eurodeputado socialista Francisco Assis reconhece que "usam-se demasiadas vezes os dinheiros públicos para a promoção de candidatos". O comentador da Renascença falava a propósito da polémica em torno das indicações da Comissão Nacional de Eleições (CNE) sobre inaugurações em tempo de campanha eleitoral.

O assunto esteve em discussão no espaço de debate do programa As Três da Manhã. Assis dá razão aos esclarecimentos prestados pela CNE, reconhecendo que "este problema existe, não foi inventado pela CNE".

Também sobre este assunto, o professor universitário João Taborda da Gama diz que o mais importante é a "linha da decência e da transparência".

"Aquilo que se tenta precaver é que os candidatos ao Parlamento Europeu não estejam a ser passeados de forma promocional por esse país fora a pretexto de inaugurações de certames de feiras dos enchidos ou do que quer que seja", eslarece.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.