|
Nota de Abertura
Nota de Abertura
A+ / A-

D. Américo Aguiar. As boas notícias são para festejar

01 mar, 2019 • Opinião de Nota de Abertura


Como em todas as casas, as boas notícias são festejadas com alegria, reconhecimento e gratidão.

As pessoas são decisivas na vida das instituições. Umas porque as sonham e concretizam, outras porque superam adversidades e discernem novos caminhos, outras ainda porque as fazem acontecer e crescer no trabalho do dia-a-dia.

Na já longa história da Renascença, sabemos quem são os homens que deram as suas vidas pela condução desta casa e a todos estamos gratos… Mas hoje é um dia singular na nossa história. O Presidente do Conselho de Gerência do Grupo Renascença Multimédia, o Padre Américo Manuel Alves Aguiar, foi nomeado pelo Papa Francisco, Bispo Auxiliar do Patriarcado de Lisboa.

E como em todas as casas, as boas notícias são festejadas com alegria, reconhecimento e gratidão.

Alegria, porque a nomeação de um novo Bispo é sempre um sinal de vida no seio da Igreja; reconhecimento e gratidão, porque quando se deixa para trás a cidade onde se cresceu e viveu, para vir servir a Igreja em Lisboa, mais concretamente, na Rádio Renascença, o reconhecimento é público, assim como a nossa gratidão é manifesta.

A Rádio Renascença é uma instituição na sociedade portuguesa, reconhecida pelo trabalho que desenvolve na comunicação social do nosso país. Mas a sua identidade enquanto Emissora Católica foi, é e será sempre a sua marca diferenciadora, razão pela qual a nomeação do seu Presidente, como Bispo da Igreja Católica, é um momento único na sua história.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.