A+ / A-
00h - 01h

Marco de Camillis

23/01/2019


Boxe, dança, Juventus e pasta
Marco de Camillis - Boxe, dança, Juventus e pasta
Marco de Camillis - Boxe, dança, Juventus e pasta

“Tudo começou com uma escola de dança que abriu no meu bairro, exatamente do outro lado da rua onde o meu pai tinha uma academia de boxe. Eu fazia as duas coisas porque tinha que acalmar as coisas em casa. (Risos)
Eu nasci num bairro social e sou o mais novo de 3 irmãos. O mais velho chegou mesmo a ser pugilista profissional. O meu pai, claramente para nos tirar da rua, punha-nos no seu ginásio todos os dias. Então eu cruzava a rua e das 17h às 19h fazia boxe e das 19h30 às 20h30 fazia dança”.

Marco de Camillis

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.