Renascença Ouve +
A+ / A-

A peça “Sopro” está de regresso ao Teatro Nacional Dona Maria II


Beatriz Brás faz parte do elenco desta peça que já ganhou um Globo de Ouro e que traz para cima do palco um dos elementos mais escondidos duma peça de teatro: o ponto.

A Atriz Beatriz Brás da peça "O Sopro" na Manhã da Renascença
A Atriz Beatriz Brás da peça "O Sopro" na Manhã da Renascença

A protagonista é Cristina Vidal, que trabalha como ponto no Teatro D. Maria II, há mais de 25 anos. Ela é guardiã de uma profissão em vias de extinção, que tem como função “soprar” o texto aos atores. Vai estar em cena entre 11 e 19 de Janeiro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.