Renascença Ouve +
A+ / A-
O seu filho passa demasiado tempo a jogar?

Oiça os conselhos do psicólogo Pedro Hubert


TARDE 9 JAN ANA GALVAO PEDRO HUBERT
TARDE 9 JAN ANA GALVAO PEDRO HUBERT
Foto:JoãoDuarte/RR

Tal como a maioria dos pais, a Ana Galvão, preocupa-se com o comportamento do filho online: seja a jogar, seja nas redes sociais.

Se tem filhos, de certeza, que se revê nesta preocupação.

Para muitos pais esta relação dos mais pequenos com o mundo digital acarreta riscos com os quais muitos não sabem lidar.

A pensar nas suas dúvidas e perguntas, convidámos , Pedro Hubert, psicólogo e técnico de aconselhamento em adições (em particular na área do jogo patológico) no Instituto de Apoio ao Jogador.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.