Auto-rádio
O mundo da mobilidade (segundas e quartas, às 16h40)
A+ / A-
Arquivo

Mitsubishi Outlander PHEV - um 2.4 a gasolina - ecológico com 135 cavalos.

19 dez, 2018 • José Carlos Silva


Um híbrido que concorre ao troféu Essilor Carro do Ano 2019 na categoria dos ecológicos.

Um carro de generosas dimensões, que acabam por se traduzir no espaço a bordo. Confortável para cinco adultos, é penalizado na bagageira em altura, para acomodar os equipamentos que o tornam um híbrido.

Este é um 2.4 litros a gasolina, auxiliado por dois motores elétricos.

Apresenta três modos de condução distintos: um totalmente elétrico, através do qual o condutor pode fazer 54 quilómetros. Outro, híbrido, que permite que o Outlander seja movido cem por cento a energia elétrica das baterias e do gerador que é ativado pelo motor a gasolina. Neste modo pode atingir uma velocidade de 135 quilómetros por hora e admite a possibilidade de ser acionada a tração total.

Há um terceiro modo, o híbrido paralelo, em que a aposta é no motor a combustão, com o motor elétrico a ser acionado pontualmente.

Ao nível estético, o exterior é marcado por uma grelha de generosas dimensões e entradas de ar no plano inferior. Tem um aspeto agressivo quanto baste.

Por dentro, o Outlander apresenta materiais de boa qualidade. O tablier e as portas são num plástico aborrachado, agradável ao tato e imune a barulhos parasita.

O centro multimédia, recorre a uma opção já testada noutros modelos, não apresenta GPS de raiz, mas ligado por cabo USB a um smartphone, importa mapas e o telefone propriamente dito.

Uma opção que tem um ponto muito positivo para o utilizador que não tem de atualizar mapas do carro e pagar por isso.

No que toca à condução, é um veículo com aceleração muito suave. Apresenta diferentes modos de condução, que exige alguma habituação por parte do utilizador.

A posição de condução é boa. Os bancos da frente são muito confortáveis, onde o corpo encaixa muito bem, o que de resto não é novidade na marca dos três diamantes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.