|

 Confirmados

 Suspeitos

 Recuperados

 Mortes


Renascença Ouve +
A+ / A-

00h - 01h

Manuel Monteiro

30/10/2018


O bom português

Manuel Monteiro - O bom português
Manuel Monteiro - O bom português

“Adjectivamos muito, sim, e quase sempre os mesmos substantivos ou os mesmos nomes com os mesmos adjectivos. Vamos a exemplos? Um adepto é? Fervoroso. Um defensor é acérrimo. Um crime terrível é um crime hediondo. A fronteira é sempre… ténue. Um corpo belíssimo é… escultural. O mar está revolto, os jardins são luxuriantes e as árvores são frondosas. Eu rejeito liminarmente, aconselho vivamente e irrito-me solenemente. Enfim, são locuções estereotipadas que nós usamos tão acriticamente que há uma palavra das duas que, muitas vezes, nem sabemos o significado e que nunca usamos fora daquele contexto”.

Manuel Monteiro
(Novo livro: Por Amor à Língua)

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.