• PS
    PS
    33,38%
    7DEPUTADOS
  • PPD/PSD
    PPD/PSD
    21,94%
    4DEPUTADOS
  • B.E.
    B.E.
    9,82%
    2DEPUTADOS
  • PCP-PEV
    PCP-PEV
    6,88%
    1DEPUTADOS
  • CDS-PP
    CDS-PP
    6,19%
    1DEPUTADOS
  • PAN
    PAN
    5,08%
    1DEPUTADOS
  • Aliança
    Aliança
    1,86%
    0DEPUTADOS
  • OUTROS
    OUTROS
    7,90%
    0DEPUTADOS
Freguesias apuradas: 3092 de 3092 | Abstenção: 68,63% | Votos Nulos: 2,69% | Votos em Branco: 4,25%Resultados em detalhe ▷

A+ / A-

Domingo, 18 de novembro de 2018

18 de novembro de 2018


Do Evangelho segundo São Marcos
Sementes - 18/11/2018
Sementes - 18/11/2018

(…) disse Jesus aos seus discípulos: «Naqueles dias, depois de uma grande aflição, o sol escurecerá e a lua não dará a sua claridade; as estrelas cairão do céu e as forças que há nos céus serão abaladas. Então, hão-de ver o Filho do homem vir sobre as nuvens, com grande poder e glória. Ele mandará os Anjos, para reunir os seus eleitos dos quatro pontos cardeais, da extremidade da terra à extremidade do céu. Aprendei a parábola da figueira: quando os seus ramos ficam tenros e brotam as folhas, sabeis que o Verão está próximo. Assim também, quando virdes acontecer estas coisas, sabei que o Filho do homem está perto, está mesmo à porta. Em verdade vos digo: Não passará esta geração sem que tudo isto aconteça. Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão. Quanto a esse dia e a essa hora, ninguém os conhece: nem os Anjos do Céu, nem o Filho; só o Pai».
É o Senhor Jesus, o Filho do Homem, que virá para congregar os homens em Si, e os levar consigo para o Pai. Aí será o lugar do repouso eterno, para quem viver esta vida presente na expectativa feliz do Senhor que vem. Expectativa e preparação são atitudes fundamentais de toda a vida cristã, hoje lembradas de maneira particular.


Pode ouvir o Evangelho na Renascença, diariamente, pelas 6h58, 15h30 e 23h58.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.