|
A+ / A-

Papa recorda sofrimento de crianças nas intenções para dezembro

05 dez, 2019


“Cada criança marginalizada, abusada, abandonada, sem escola e sem atendimento médico, é um grito que se eleva a Deus”, diz Francisco.

O Papa Francisco recorda de forma especial o sofrimento das crianças nas suas intenções de oração para o mês de dezembro.

Na mensagem de vídeo, entretanto divulgada pela Rede Mundial de Oração do Papa, Francisco diz que o sofrimento das crianças é um grito que se eleva aos céus.

“Rezemos para que todos os países decidam tomar as medidas necessárias para fazer com que o futuro das crianças seja uma prioridade, especialmente o futuro das crianças que hoje estão a sofrer”, pode ler-se na apresentação do vídeo.

“Cada criança marginalizada, cada criança abusada, cada criança abandonada, cada criança sem escola, sem atendimento médico, é um grito que se eleva a Deus”, diz Francisco.

O Papa pede a todos que olhem para estas crianças e vejam nelas Jesus Cristo “que veio ao nosso mundo como uma criança indefesa”.

Todos os meses o Papa enuncia novas intenções de oração e convida os católicos do mundo a rezar com ele por elas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.