Conversa QB
A+ / A-
00h - 01h

Gonçalo Couceiro Feio

14/11/2018


Às armas, às armas
GUERRA RENASCIMENTO PROGRAMA
GUERRA RENASCIMENTO PROGRAMA

“Portugal foi uma potência marítima considerável, mas o poder naval tinha sempre um ponto em terra. Aquilo que os portugueses souberam fazer muito bem foi a criação de uma rede de fortalezas ao longo dos territórios onde estiveram. Criando essa rede em terra garantiam a segurança do mar porque os navios patrulhavam as águas, mas tinham sempre pontos de acesso para ir buscar mantimentos, munições, água, etc.
Portanto, os portugueses criaram uma rede muito bem feita… ao ponto de terem fechado um oceano inteiro: o Índico.

Gonçalo Couceiro Feio
(Novo livro: A Guerra no Renascimento)

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.