Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

PSD chama especialistas sobre evolução da pandemia

16 jun, 2021 - 21:44 • Lusa

Audição parlamentar para conhecer "informações mais recentes" da nova variante Delta, mais contagiosa.

A+ / A-

Veja também:


O Grupo Parlamentar do PSD requereu hoje uma audição no Parlamento, com caráter de urgência, de "vários especialistas sobre a evolução da pandemia" de covid-19 após as "informações mais recentes" da nova variante "com ritmo de transmissibilidade mais acelerado".

No requerimento, divulgado à comunicação social, os sociais-democratas justificam o pedido com as "informações mais recentes sobre a existência de uma nova variante do Sars-Cov2 com ritmo de transmissibilidade mais acelerado, já identificada em Portugal e dominante na região de Lisboa".

Os parlamentares do PSD, que dirigiram o pedido ao presidente da Comissão Eventual para o acompanhamento da aplicação das medidas de resposta à pandemia da doença covid-19, lembram que esta comissão deve "tentar seguir o mais possível a evolução dos acontecimentos".

"Os deputados apelam a que estas audições sejam agendadas com caráter de urgência", pode ler-se.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.824.885 mortos no mundo, resultantes de mais de 176,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.055 pessoas dos 850.395 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+