Tempo
|
A+ / A-

Dadores de sangue já podem agendar dádiva no site do IPO de Lisboa

14 jun, 2021 - 22:15 • Lusa

A nova funcionalidade disponível no site do Instituto Português de Oncologia de Lisboa visa agilizar o processo da doação e evitar concentrações no serviço.

A+ / A-

Os dadores de sangue já podem a agendar a sua dádiva diretamente no site do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, através de uma nova funcionalidade lançada esta segunda-feira pelo hospital, que pretende ultrapassar as 20 doações por dia.

“No Dia Mundial do Dador de Sangue queremos realçar mais uma vez a importância da doação de sangue total e de componentes por aférese na nossa Instituição, com o objetivo ultrapassar as 20 doações por dia”, afirma em comunicado a diretora do Serviço de Imunohemoterapia (SIH) do Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil, Dialina Brilhante.

O objetivo, adianta Dialina Brilhante, é aumentar o número de dadores e de dádivas para poder fazer face “às necessidades crescentes” do IPO de Lisboa: “cerca de 1.700 doentes, 9 mil concentrados de eritrócitos e entre 15 a 20 mil concentrados de plaquetas”.

A nova funcionalidade disponível no site do Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil, lançada no Dia Mundial do Dador de Sangue, visa agilizar o processo da doação e evitar concentrações no serviço.

“No atual contexto pandémico é importante agilizar todo o processo da dádiva de sangue, evitando assim que os dadores se concentrem no serviço, e, por isso, esta ferramenta é uma mais-valia que vem facilitar todo este processo e ao mesmo tempo permite ao dador gerir a deslocação para a sua dádiva de acordo com a sua disponibilidade”, refere o instituto em comunicado.

Através da nova funcionalidade, disponível em: www.ipolisboa.min-saude.pt, os dadores podem agendar a sua dádiva diretamente, respondendo a um breve questionário e se preencher todos os critérios para realizar a dádiva de sangue será reencaminhado para o calendário de agendamentos.

“Aqui só terá de escolher o dia e hora que mais lhe convém para se deslocar ao Serviço de Imunohemoterapia (SIH) do IPO Lisboa para fazer a sua dádiva de sangue”, refere o instituto, explicando que, se por algum motivo, o dador tiver de alterar essa data, “também é simples reagendar a data”, bastando seguir o link que se encontra no email que recebeu com a confirmação do agendamento.

Com a pandemia COVID-19, o SIH adaptou-se para continuar a receber os dadores em segurança. Em 2020, o serviço recebeu 3.631 dadores sendo que, destes, 1.696 foram novos dadores, e registou 4.312 dádivas.

“Queremos continuar a contar com os dadores regulares e lembrar os mais jovens que a dádiva de sangue ou de componentes é um dever de cidadania e um gesto de generosidade e de solidariedade que permite salvar vidas”, salienta a médica Dialina Brilhante.

O IPO trata doentes – adultos, jovens e crianças – com cancro, que precisam de transfusões devido à sua doença ou ao seu tratamento (cirurgia, quimioterapia, radioterapia, transplante de medula).

No IPO Lisboa, o dador pode dar sangue total e componentes por aférese e, ao fazer a sua dádiva, também pode inscrever-se como dador de medula.

O Serviço de Imunohemoterapia do IPO Lisboa funciona de segunda a sexta, entre as 09h00 e as 16h00, e ao sábado, das 09h00 às 11h00, no piso 2, do Pavilhão de Rádio, tendo estacionamento reservado e gratuito para os dadores.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+