Tempo
|
A+ / A-

António Guterres "profundamente perturbado" com violência em Gaza

16 mai, 2021 - 08:18 • Redação com agências

Os confrontos em Gaza entram no sétimo dia registando, pelo menos,153 mortos, das quais 42 crianças. Israel reporta dez óbitos.

A+ / A-
Prédio de agências de notícias alvo de ataque israelita em Gaza
Prédio de agências de notícias alvo de ataque israelita em Gaza

O secretário-geral da ONU está “consternado” com as mortes de civis em Gaza e “profundamente perturbado” pelo ataque de Israel contra um prédio que abrigava escritórios da imprensa internacional, revelou um porta-voz.

Na mesma nota, António Guterres lembra a todas as partes “que qualquer ataque indiscriminado contra estruturas civis e dos media viola o direito internacional e deve ser evitado a todo o custo”.

As declarações foram feitas depois dos ataques aéreos de Israel, este fim de semana, que provocaram a morte de 10 membros de uma mesma família e a destruição de um edifício de 13 andares, onde estavam os escritórios do canal Al-Jazeera e da agência de notícias americana Associated Press (AP), além de apartamentos residenciais.

O diretor da AP, Gary Pruitt, afirmou numa declaração que uma "terrível perda de vidas foi evitada através da evacuação dos seus trabalhadores a tempo".

O exército israelita alega que a torre Al Jalaa “continha equipamentos pertencentes à inteligência militar” do movimento Hamas.

Bebé de dois meses é o único sobrevivente de uma família de Gaza. "Estamos a assistir a um massacre"
Bebé de dois meses é o único sobrevivente de uma família de Gaza. "Estamos a assistir a um massacre"

A Casa Branca advertiu Israel de que garantir a segurança dos jornalistas é “primordial”.

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, já falou com o Primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu, e pela primeira vez com o Presidente palestiniano Mahmoud Abbas, após a chegada à região, na sexta-feira, de um enviado dos EUA para tentar mediar um cessar-fogo.

Com os principais líderes mundiais a condenar os raides de Israel na Faixa de Gaza foi marcada para este domingo uma reunião do Conselho de Segurança da ONU.

Os confrontos em Gaza entram no sétimo dia registando, pelo menos,153 mortos, das quais 42 crianças. Israel reporta dez óbitos.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+