Tempo
|
Ribeiro Cristovão
Opinião de Ribeiro Cristovão
A+ / A-

Ainda falta fazer várias contas

14 mai, 2021 • Opinião de Ribeiro Cristovão


Chegados a duas jornadas do fim do campeonato há já algumas certezas, mas ainda sobram contas para fazer no espaço de uma semana.

O Sporting garantiu o título, o Benfica já assegurou pelo menos o terceiro lugar, o Paços de Ferreira continua inamovível na quinta posição, faltando definir a classificação nos últimos lugares da tabela, com as consequentes descidas de divisão e o acesso ao play-off.

Embora Nacional, Farense e Boavista se encontrem, neste momento, nas posições mais delicadas, a verdade é que há ainda outras equipas que correm riscos, tudo dependendo dos vários resultados que vierem a registar-se.

No meio de tudo sobressai o derby do estádio da Luz, onde o Benfica recebe o já laureado campeão nacional para um jogo sempre apetecível em que estão em causa os mais variados fatores. Entre eles, a tentativa dos leões de manter a invencibilidade na Liga deste ano, com os encarnados a tudo fazerem para quebrar esse estatuto leonino, sem perder de vista a possibilidade, ainda que muito remota, de poderem chegar ao segundo lugar e, com isso, garantir a entrada direta na fase de grupos da próxima Liga dos Campeões Europeus.

Só que, neste caso, o Futebol Clube do Porto, com melhor classificação, depende somente de si próprio para aceder a essa mais-valia e aos milhões que dela emanam todos os anos.

Entretanto, nas últimas horas voltou à liça a possibilidade de se registar-se a presença de público nos estádios. A situação pandémica tem-se aliviado nas últimas semanas, e daí a cedência das autoridades a essa exigência colocada pela direção da Liga de Clubes meses a fio.

Há, porém, do nosso ponto de vista a necessidade de colocar todo o cuidado nessa disponibilidade para assim não correr o risco de passar a haver dois pesos e duas medidas. Ou seja, fazer essa concessão apenas na jornada final, significa que pelo menos nove clubes sairão prejudicados por não jogarem em casa.

Espera-se, por isso, justiça e coerência dos responsáveis por essas decisões.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ADISAN
    14 mai, 2021 Mealhada 10:33
    "Pelo menos nove clubes sairão prejudicados por não jogarem em casa.". Tem muita razão, Sr. Ribeiro Cristóvão. Também acho que, ao optar por permitir público no últimos jogos, devia essa opção começar já na 33ª jornada Como dizia o saudoso humorista: -"Ou ataca tudo ou não ataca ninguém!"