Tempo
|
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
Tudo sobre o EURO 2020 Últimas Notícias
A+ / A-

UEFA ameaça banir clubes e jogadores da Superliga Europeia de todas as competições

18 abr, 2021 - 16:50 • Redação

Anúncio de uma Superliga Europeia, com os mais poderosos clubes espanhóis, ingleses e italianos, estará iminente.

A+ / A-

A UEFA comunicou, este domingo, que caso a criação de uma Superliga Europeia siga em frente os clubes e jogadores envolvidos serão banidos de todas as competições nacionais e internacionais.

Em comunicado conjunto com as Federações inglesa (FA), espanhola (RFEF) e italiana (FIGC), e com as Ligas espanhola e italiana, a UEFA salienta que tudo farão, com ajuda da FIFA e restantes Federações-membro, "para parar este projeto cínico" de equipas ingleses, espanholas e italianas, "apoiado no interesse próprio de alguns clubes numa altura em que a sociedade precisa de solidariedade mais do que nunca".

"Conforme previamente anunciado pela FIFA e pelas seis Confederações, os clubes em causa serão banidos de disputar qualquer outra competição a nível doméstico, europeu e mundial, e os seus jogadores poderão ser proibidos de representar as suas seleções", ameaça a UEFA.

Este domingo, o jornal espanhol "Marca" adianta que o anúncio da Superliga Europeia, em resposta à reestruturação da Liga dos Campeões (idealizada para agradas aos clubes em causa), está iminente. Com a liderança de Real Madrid e Manchester United, e o apoio da empresa Key Capital, o objetivo é criar uma prova exclusiva para os mais poderosos.

UEFA promete agir judicial e desportivamente


A UEFA e as federações consignatárias deixam a garantia de que considerarão "todas as medidas ao alcance, a todos os níveis, tanto judicial como desportivamente, de forma a impedir" que a Superliga Europeia se torne realidade: "O futebol é baseado em competições abertas e mérito desportivo; não pode ser de qualquer outra forma."

A UEFA agradece aos clubes noutros países, "especialmente os clubes franceses e alemães, que recusaram alinhar" na Superliga Europeia.

"Apelamos a todos os amantes de futebol, adeptos e políticos que se juntem a nós na luta contra este projeto, caso seja anunciado. Este persistente interesse próprio de alguns já dura há demasiado tempo. Basta", declaram a UEFA, FA, RFEF, FIGC, LaLiga e Serie A.

Segundo a "Marca", Barcelona, Atlético de Madrid, Liverpool, Arsenal, Chelsea e Tottenham já assinaram, enquanto Juventus e Paris Saint-Germain "têm algumas dúvidas", mas alinham se o projeto for adiante. O Bayern de Munique estará mais distante. Contudo, o comunicado da UEFA dá a entender que PSG e Bayern terão mesmo recusado.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+