Tempo
|
Autárquicas 2021
38,15%
93Câmaras
16,83%
49Câmaras
13,6%
19Câmaras
6,32%
11Câmaras
4,89%
10Câmaras
3,42%
0Câmaras
1,96%
2Câmaras
1,64%
0Câmaras
0,48%
0Câmaras
8,56%
7Câmaras
  • Freguesias apuradas: 2541 de 3092
  • Abstenção: 41,29%
  • Votos Nulos: 1,65%
  • Votos em Branco: 2,46%

A+ / A-

Jorge Jesus. “Esta derrota tirou-nos a crença” do primeiro lugar

17 abr, 2021 - 21:18 • Redação

Benfica vai continuar a lutar pela segunda posição, confirma o técnico encarnado, mas a derrota contra o Gil Vicente atrasou recuperação.

A+ / A-

O treinador do Benfica reconhece que a derrota, em casa, contra o Gil Vicente tira crença aos encarnados na luta pelo primeiro lugar.

Na sala de imprensa, Jorge Jesus recusa atirar a toalha ao chão mas confirma que a perda de três pontos nesta fase complica e muito a vida aos encarnados. “Temos que ser práticos e não teóricos”.

“Esta derrota tirou-nos a crença de poder atingir outras posições”, refere o técnico – estando a falar da luta pelo primeiro lugar no campeonato.

Jesus reafirma que, se o Benfica não perdesse jogo nenhum até ao final do campeonato, ainda poderiam “pensar noutros objetivos”.

“Teríamos sempre que pensar jogo a jogo e pensar primeiro no segundo classificado, antes de pensar no primeiro. Esta derrota atrasou-nos”.

O segundo lugar “é o nosso objetivo”, mas esta derrota “atrasou-nos a recuperação”.

"Neste momento dependemos de nós. Você [jornalista] já está a dizer que o FC Porto, que joga amanhã, vai ganhar. Está mais difícil a nossa recuperação, sim. Perdemos. Mas o segundo lugar não depender de nós… você já sabe que vai ganhar? Amanhã é que pode já não depender do Benfica, quando o nosso adversário jogar e ganhar."

O Sporting está a 12 pontos na frente da I Liga e o FC Porto pode ficar a seis, se vencer este domingo contra o Nacional.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • José J C Cruz Pinto
    18 abr, 2021 ÍLHAVO 08:41
    Só essa crença, ... ou toda e qualquer crença (futebolística)?
  • EU
    17 abr, 2021 PORTUGAL 22:05
    Começo por dizer que não sou adepto do SLB. Sou, isso sim, desportista. Quando um avião aterrou em Tires há uns meses atrás, foi o Deus me acuda para o FUTEBOL Português. Foram noites, foram páginas a dizer que o HOMEM tinha chegado. ELE rotulado do melhor que podia haver no UNIVERSO, foi dando corda para que o tempo não parasse. Na apresentação foi dito " vim para ARRASAR, vim para ganhar a LIGA CHAMPIONS, vim para ganhar TODAS as competições onde o SLB estiver ". Aos poucos esse ENTUSIASMO foi-se tornando uma miragem. Com o jogo em Paços de Ferreira os NERVOS começaram a dizer como por vezes o RECATO é o melhor remédio. Um TREINADOR, seja qual for a especialidade, nunca deve intrumeter-se na DISCIPLINA de outro Clube que não seja o seu. Jorge Jesus cometeu, numa semana, DOIS ERROS. Ao pedir a PENALIZAÇÃO do Jogador do Paços deu FORÇA aos outros jogadores dos Clubes adversários. E porquê? Se no princípio dizia que era para arrasar e está a ser um FRACASSO, porque não pedir ao SEU Clube que o PENALIZE. O incómodo que causau nos Jogadores não foi como o vento, nao foi passageiro. Amanhã, claro que estarão outros Jogadores com ARREGUENHO por outro ERRO cometido por JJ. Refiro-me a Pepe. Concerteza que Pepe vai incutir nos colegas a " RAIVA " por causa das declarações de um Treinador de um Clube diretamente perseguidor. Hoje se o SLB está, onde está, só a JJ o deve. Não ficaria bem comigo se não dissesse que sou admirador de Jorge Jesus, desde Riopele. Bom desconfinamento.

Destaques V+