Tempo
|
Henrique Monteiro n´As Três da Manhã
Segundas e sextas-feiras, às 9h20, n'As Três da Manhã
A+ / A-
Arquivo
José Sócrates. “Isto não tem pés nem cabeça” - Henrique Monteiro
José Sócrates. “Isto não tem pés nem cabeça” - Henrique Monteiro

Henrique Monteiro

José Sócrates. “Isto não tem pés nem cabeça”

12 abr, 2021 • Marta Grosso


Henrique Monteiro considera que a decisão do juiz Ivo Rosa sobre o processo Marquês deixa José Sócrates numa situação de “copo meio cheio, meio vazio”, em que o ex-primeiro-ministro “ainda pode apanhar de 8 a 12 anos de prisão”.

“Já vi derrotas menos más”, diz o comentador d’As Três da Manhã, lembrando que “há uma acusação firmada pelo juiz que Sócrates achava que era isento e exemplar e que diz que [o antigo governante] foi corrompido e por isso andou a lavar dinheiro e falsificou alguns documentos”.

“Não é pouco para quem foi primeiro-ministro”, sublinha.

Tal não retira polémica à decisão deste juiz, que já desautorizou o Ministério Público e o Tribunal da Relação de Lisboa.

Enquanto tudo isto, “Sócrates continua a viver num mundo paralelo”.

“Isto não tem pés nem cabeça”, conclui.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • João
    13 abr, 2021 Viseu 19:57
    E não haverá uma vacina contra o vírus da corrupção?
  • lv
    13 abr, 2021 Loures 15:05
    De um vintena de arguidos, despronuncionados, os emplastros jornalixos e outros bichos só conseguem ver um arguido, o Sócrates, que sem provas,,mas "suponhetamos" enquanto outros com provas e factos esses mesmos jornalixos e outros bichos não conseguem enxergar um!
  • João
    13 abr, 2021 Viseu 09:27
    Agostinho de Hipona (354-430): «Um Estado que não se regesse segundo a justiça, reduzir-se-ia a um bando de ladrões».
  • Maria Oliveira
    12 abr, 2021 Lisboa 21:57
    Esta é uma história deprimente. Alguém que foi primeiro-ministro e que, no seu entender, acha normal fazer vida de luxo com empréstimos de um amigo. Só isto já bastava para que se envergonhasse. Um horror!
  • Ivo Pestana
    12 abr, 2021 Funchal 21:22
    Pés tem sim senhor. É gamar e andar livre.