Tempo
|
A+ / A-

Seleção Nacional

Fernando Santos: "Esperava ganhar com outra naturalidade"

24 mar, 2021 - 22:03 • Redação

O selecionador sublinha que o fundamental frente ao Azerbaijão era entrar a vencer no apuramento para o Mundial 2022.

A+ / A-

Fernando Santos gostava de ter derrotado o Azerbaijão (1-0) por mais golos, esta quarta-feira, contudo, ficou satisfeito por Portugal ter entrado da melhor maneira na fase de qualificação para o Mundial 2022.

Em declarações à RTP, no final da partida, o selecionador nacional admitiu que gostava de não ter sofrido com a incerteza na reta final.

"Ganhámos, que era o mais importante. Esperava ganhar com outra naturalidade. Há que tirar as conclusões para o jogo da Sérvia, que será diferente. Foi fundamental entrar com uma vitória", afirmou.

Primeira parte superior


Fernando Santos elogiou a primeira parte de Portugal, que "controlou sempre o jogo", embora pudesse ter "construído um bocadinho melhor".

"Criámos muitas situações para golo. A equipa esteve sempre bem organizada, compacta, a reagir bem à perda da bola. O jogo estava controlado, penso que o Azerbaijão não fez um ataque. Faltou melhorar nas zonas de finalização. Merecíamos estar a vencer por mais do que um golo [ao intervalo]", analisou o timoneiro da equipa das quinas.

A segunda parte foi completamente diferente, com melhor "inspiração e fluência, muitos passes errados e jogo muito curto, sem variações":

"O Azerbaijão começou a acreditar que era possível, começou a sair a jogar, nós não fomos tão fortes na reação à perda da bola. A equipa melhorou com a entrada do João [Félix], com melhor circulação."

Elogios para o estreante


Fernando Santos ficou agradado com a estreia de Nuno Mendes, que entrou para o onze face à ausência de Raphael Guerreiro, por lesão.

"Ele esteve tranquilo, esteve bem dentro do padrão normal. Num primeiro jogo não se pode esperar a fluidez que normalmente apresenta [no clube], especialmente a nível ofensivo, mas esteve sempre equilibrado", vincou.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+