Tempo
|
A+ / A-

Belenenses SAD espera “jogo difícil” contra o Benfica mas quer prolongar mau momento do adversário

07 mar, 2021 - 14:50 • Redação com Lusa

A partida está marcada para segunda-feira, a partir das 20h15, no estádio do Jamor.

A+ / A-

O treinador Petit garante que o Belenenses SAD vai estar preparado para “um jogo difícil” diante do Benfica, da 22.ª jornada da I Liga.

“Vamos ser a equipa habitual, com intensidade, a saber o que tem de fazer, respeitando e sabendo a qualidade do adversário, mas esperamos dar continuidade aos resultados que temos vindo a fazer. Esperamos um jogo difícil, mas estamos preparados”, afirmou, em conferência de imprensa de antevisão.

O Belenenses SAD não perde há cinco rondas (uma vitória e quatro empates), enquanto o Benfica procura recuperar de um ciclo negativo, com várias mudanças táticas nos últimos jogos, sobretudo no centro da defesa, mas Petit sublinhou conhecer bem as ideias do técnico Jorge Jesus.

“Conhecemos bem a forma de trabalhar com a zona defensiva, mete muitos jogadores na zona interior, projeta muitos jogadores na frente, tem boa reação à perda da bola e obriga muitas vezes as equipas a defender num bloco mais baixo, mas sabemos onde podemos criar perigo”, apontou.

Petit arriscou avançar com o onze inicial que o Benfica irá apresentar, numa defesa composta por Diogo Gonçalves e Grimaldo nas laterais e Lucas Veríssimo ou Vertonghen ao lado de Otamendi, um meio-campo com Weigl e Taarabt, Rafa e Everton nas alas e, no ataque, Seferovic a ser apoiado por Pizzi ou Waldschmidt.

“Vai ser um jogo bastante equilibrado, com muita intensidade. O Benfica está a recuperar em termos anímicos e os padrões de identidade e, deste lado, está uma equipa a atravessar um bom momento e que quer dar continuidade a isso”, reforçou, acrescentando: “Somos uma equipa com boa intensidade e bons processos, que nunca desiste e disputa o jogo sempre até ao último apito do árbitro”.

Questionado sobre o facto do Benfica ainda não ter vencido fora para a Liga em 2021 (quatro empates e uma derrota), Petit desvalorizou.

“Os dados não dizem nada, porque cada jogo tem a sua história, as equipas são diferentes, os processos são diferentes de jogo para jogo, os momentos que as equipas vão atravessando, as melhorias, vai tudo sobressaindo. O mais importante é que o Benfica possa continuar a não ter vitórias fora. É sinal que nós fizemos um bom jogo e conseguimos o nosso objetivo que são os três pontos”, concluiu.

A diferença pontual entre as equipas na metade inferior da tabela classificativa é curta, num campeonato “muito competitivo”, no qual Petit considera que os objetivos serão discutidos “até ao fim”.

“Não me lembro de um campeonato em que metade das equipas estão separadas por três ou quatro pontos, do último até ao nono. Vai ser até ao fim. Trabalhamos semana a semana para preparar da melhor forma os jogos e conseguir o objetivo o mais rápido possível, mas sem dúvida que tem sido um campeonato muito competitivo”, disse.

Os azuis, apesar de ainda serem o pior ataque da competição, com 13 golos, faturaram por quatro vezes nas duas últimas jornadas, o que “dá confiança aos jogadores”, num sinal que “a equipa está a ficar mais confortável”.

O Belenenses SAD, 11.º classificado, com 22 pontos, recebe na segunda-feira o Benfica, no quarto lugar, com 42, em jogo da 22.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol disputado no Estádio Nacional, em Oeiras, a partir das 20h15, com arbitragem de Tiago Martins, da associação de Lisboa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+