Tempo
|
A+ / A-

Sporting de Rúben Amorim faz lembrar a Edmilson o do título de 2000 dos leões

23 fev, 2021 - 12:45 • Carlos Dias com Redação

O antigo extremo brasileiro, que ajudou o Sporting a quebrar um jejum de 18 anos, sublinha importância de vencer no Dragão, para não permitir ao FC Porto sonhar com a recuperação.

A+ / A-

Edmilson vê o Sporting de Rúben Amorim jogar e lembra-se da equipa leonina de 1999/00, que foi campeã ao fim de 18 anos de jejum.

Em entrevista a Bola Branca, o antigo jogador brasileiro, campeão com o Sporting na dobra do século, lembra que, nessa equipa, não havia um jogador que se destacasse acima dos outros. Esta época, os leões perderam Bruno Fernandes, mas ganharam um coletivo.

"Não tem aquele jogador que se destaca mais, como tinha o Bruno na época passada. O grupo está bastante forte. Está mesmo parecido com o ano em que fomos campeões em 1999/00. Todos jogavam para o mesmo, não havia um que se destacasse mais", recorda.

Amorim tem nível para grandes europeus


O destaque vai para Rúben Amorim, que "tem dado provas de que é um grande treinador e de que pode treinar os melhores a nível europeu". Edmilson admite que o técnico do Sporting terá interessados, mas esta não é a altura para pensar nisso: "Chegámos a uma fase em que não pode vacilar, tem de continuar. Todo os jogos são uma final, agora."

Edmilson também jogou no FC Porto, "dois anos fantásticos" em que foi bicampeão português. Contudo, esta época, o antigo extremo brasileiro até está a torcer para que seja o Sporting a conquistar o título, porque o clube "não pode ficar 18, 19 anos sem ser campeão".

"Uma equipa grande em Portugal, na Europa e no mundo não pode ficar tanto tempo sem ser campeão. Os adeptos não merecem isso. Faço votos para que este ano seja o sporting campeão, para realmente dar esse presente aos adeptos", salienta o antigo jogador.

Sporting não pode deixar FC Porto sonhar


Edmilson já sabe, portanto, por quem vai torcer no clássico entre FC Porto e Sporting, no próximo sábado, no Estádio do Dragão.

Porém, avisa que, no FC Porto, "não se desiste". O Sporting terá mesmo de vencer o clássico e "matar" as aspirações dos portistas.

"Ainda faltam bastantes jogos e se, por acaso, houver um desaire do Sporting, o Porto terá o ânimo para atacar a primeira posição. O Sporting tem de se segurar. Está na fase crucial. Cada jogo agora vai ser uma final. O Sporting tem de ganhar [o clássico], até para não dar essa motivação ao Porto", alerta Edmilson, nesta entrevista à Renascença.

O clássico entre FC Porto e Sporting, da jornada 21 do campeonato, está marcado para sábado, às 20h30, no Estádio do Dragão. Relato em direto na Renascença e acompanhamento ao minuto em rr.sapo.pt.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+