Tempo
|
A+ / A-

Direitos Humanos. Papa participa num evento global online contra tráfico de pessoas

08 fev, 2021 - 09:30 • Ecclesia

"Economia sem tráfico de pessoas" é o tema da iniciativa da rede Talitha Kum ao longo de sete horas, para assinalar o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Seres Humanos.

A+ / A-

A rede "Talitha Kum" promove esta segunda-feiraum evento" online", ao longo de sete horas e em cinco línguas, para assinalar o Dia Mundial de Oração e Reflexão contra o Tráfico de Seres Humanos, com a participação do Papa Francisco.

Entre as 10h00 e as 17h00 vão ser partilhados testemunhos, em cinco idiomas, nomeadamente em português, em torno do tema “Economia sem tráfico de pessoas”.

Para a rede "Talitha Kum", Rede Internacional da Vida Consagrada para a Erradicação do Tráfico de Pessoas, “uma economia sem tráfico é uma economia que valoriza e zela pelo ser humano e pela natureza, que incluem e não explora os mais vulneráveis”.

“As pessoas que são vítimas do tráfico como ‘mercadorias’ são inseridas nas engrenagens de uma globalização regida pela especulação financeira e pela concorrência ‘abaixo do custo’”, alerta a "Talitha Kum".

Os promotores desta iniciativa defendem “uma visão ‘estrutural e global’ do tráfico para desequilibrar todos aqueles mecanismos perversos que alimentam a oferta e a procura de ‘pessoas para explorar’”, lembrando que “é o coração de toda a economia que está doente”.

A Obra Católica Portuguesa de Migrações, da Conferência Episcopal Portuguesa, incentiva à “participação e divulgação desta maratona” no Dia Mundial de oração e reflexão Contra o Tráfico de Seres Humanos, que tem um hashtag (marcador) oficial #PrayAgainstTrafficking, para as redes sociais.

O encontro será aberto pela coordenação do Comité internacional, às 10h, seguindo-se apresentações por continentes e zonas do mundo.

Entre as 10h10 e as 12h20 será a zona da Oceânia, Ásia e Médio Oriente, com a partilha da Austrália, Japão, Filipinas, Indonésia, Tailândia, Myanmar, Vietname, Sri Lanka, Bangladesh, Índia e Paquistão.

Seguem-se depois os países africanos: Nigéria, Gana e Quénia.

Da Europa, entre as 13h e as 13h30 será a vez da Albânia, Espanha, Reino Unido e ainda Itália.

A mensagem do Papa Francisco está marcada para as 13h30, até às 14h10.

A partir das 15h será a vez dos países da América Latina que, durante uma hora, vão partilhar as suas experiências: Brasil, Peru, Colômbia, Equador, El salvador, Nicarágua, México e Uruguai.

A terminar o encontro são os países da América do Norte, os Estados Unidos da América e o Canadá, seguindo-se uma oração final.

O Dia Mundial de Oração e Reflexão Contra o Tráfico de Pessoas celebra-se a 8 de fevereiro, memória litúrgica da Santa sudanesa Josefina Bakhita; a primeira edição foi assinalada em 2015, a pedido do Papa Francisco, que no ano anterior encarregou a União Internacional das Superioras e dos Superiores Gerais (UISG/USG) de promover este evento.

A Rede Internacional da Vida Consagrada para a erradicação do Trafico de Pessoas ‘Talitha Kum’ coordena o grupo de organizações-parceiras que preparam esta jornada a nível internacional: Dicastério para a Vida Consagrada, os Conselhos Pontifícios da Justiça e da Paz e dos Migrantes e Povos Itinerantes, a Academia das Ciências, Cáritas Internationalis (CI), a União Internacional das Associações Femininas Católicas (WUCWO) e o grupo de trabalho contra o tráfico da Comissão Justiça e Paz da UISG/USG (ATWG).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+