Tempo
|
A+ / A-

Pandemia

Covid-19. Braga recebeu o primeiro doente transferido do Amadora-Sintra

05 fev, 2021 - 21:21 • André Rodrigues

Paciente em causa ocupou uma vaga em enfermeira. Hospital admite receber transferências da zona de Lisboa nos próximos dias, à semelhança do que já fez com cerca de 40 doentes do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa.

A+ / A-

Veja também:


O Hospital de Braga recebeu, na noite desta sexta-feira, o primeiro doente com Covid-19 transferido do Hospital Amadora-Sintra.

Em comunicado, a unidade hospitalar esclarece que o doente em causa ocupou uma "vaga em enfermeira, sendo expectável poder receber mais doentes nos próximos dias".

O Hospital de Braga esclarece que a "disponibilidade imediata" resulta de uma "articulação entre as Administrações Regionais de Saúde do Norte e de Lisboa e Vale do Tejo", sublinhando que esta possibilidade "surge pelo dever de trabalho em rede e de inter-ajuda entre as instituições".

Deste modo, "sempre que a capacidade instalada o permitir – quer em enfermaria, quer em cuidados intensivos", o Hospital de Braga estará "totalmente disponível" para receber doentes de outras zonas do país.

Atualmente, o Hospital de Braga serve uma área direta de, aproximadamente, 275 mil doentes.

No entanto, sendo um hospital central, é referência de primeira linha para uma área com cerca de 1,1 milhões de habitantes.

Para além da população abrangida, direta e indiretamente, a unidade já acolheu cerca de 40 dezenas de doentes com Covid-19, provenientes do Centro Hospitalar Tâmega e Sousa.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+