Tempo
|
A+ / A-

Carrinha com vacinas contra a Covid-19 despista-se na A2

20 jan, 2021 - 12:44 • Marta Grosso , Celso Paiva Sol

O acidente provocou um ferido ligeiro. Carrinha transportava mais de 900 doses da vacina. Uma outra carrinha já foi enviada para o Alentejo, com vista a colmatar as falhas causadas pelo despiste.

A+ / A-

Uma carrinha de transporte de vacinas contra a Covid-19 despistou-se, nesta quarta-feira de manhã, na A2, na zona de Grândola. A informação foi confirmada à Renascença pelo capitão David Ferreira, da GNR.

O acidente – um despiste e capotamento – aconteceu às 11h20 e não envolveu outras viaturas. Provocou um ferido ligeiro, o condutor, que, de acordo com a mesma fonte, não precisou de assistência médica.

O despiste ocorreu ao quilómetro 60, no sentido Norte/Sul.

No local, “estão a ser feitas todas as diligências de um acidente de viação e a promover a condução das vacinas para o destino, consoante a situação em que se encontrarem neste momento”, acrescenta.

Carrinha transportava frascos para 921 doses

A carrinha que se despistou na A2 transportava 152 frascos de vacina contra a Covid-19, suficientes para ministrar 912 doses.

Nesta altura, as autoridades de saúde estão a analisar até que ponto terão sido afetadas pelo acidente. As caixas herméticas onde as vacinas são transportadas foram levadas para o centro de saúde mais próximo e estão a ser analisadas pelos técnicos de vacinação e elementos do Infarmed, refere um comunicado do Ministério da Saúde.

A carrinha tinha saído de Coimbra com escolta da GNR e tinha como destino vários pontos de vacinação no Alentejo, indica a mesma nota enviada à Renascença.

Para contornar a alteração de planos para o dia de hoje, já saíram de Coimbra mais vacinas a caminho do Alentejo.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+