Tempo
|
A+ / A-

Caso do procurador europeu

​Rui Rio acusa ministra da Justiça de mentir e defende demissão

05 jan, 2021 - 13:56 • Redação

O presidente social-democrata garante que num Governo seu a ministra ou saía pelo seu pé ou era demitida, por isso, o primeiro-ministro, António Costa também tem responsabilidades ao reforçar a confiança em Van Dunem.

A+ / A-

O líder do PSD, Rui Rio, afirma que a ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, mentiu e não tem condições para continuar no cargo.

“É absolutamente inequívoco que a ministra da Justiça mentiu, claramente, quando disse que não conhecia a carta que tinha as falsidades para influenciar o conselho a decidir a favor do procurador que pretende e depois as próprias falsidades da carta”, afirmou esta terça-feira Rui Rio.

O presidente social-democrata garante que num Governo seu a ministra ou saía pelo seu pé ou era demitida, por isso, o primeiro-ministro, António Costa também tem responsabilidades ao reforçar a confiança em Van Dunem.

Rui Rio diz que o Governo deve aguentar-se, pelo menos, até ao outono, a menos que se sucedam novos casos como os que envolveram a ministra da Justiça e o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, com a morte de um cidadão ucraniano à guarda do SEF.

“No fim do ano há um momento crítico, que são as eleições autárquicas e o Orçamento do Estado. Até lá, só por escândalos uns atrás dos outros é que podem haver uma instabilidade política, porque o normal é que ela não exista, até porque estamos em pandemia”, sublinha o líder da oposição.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Filipe
    05 jan, 2021 évora 17:06
    Para além disso , era bom a existência de um Inquérito Crime ou os políticos em funções e Magistrados tomaram alguma vacina da impunidade ?

Destaques V+