Tempo
|
A+ / A-

FPF, a “coragem” de 2020 e as “oportunidades” de 2021

31 dez, 2020 - 17:33 • Redação

Fernando Gomes assina mensagem de balanço e esperança no futuro. Alerta especial para o regresso do público e do futebol jovem.

A+ / A-

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF), em mensagem assinada pelo presidente Fernando Gomes, lembra a "coragem e a persistência" que foi necessária para atravessar 2020 e reforça a importância de apostar na formação.

Fernando Gomes também deixa claro que para o "regresso à normalidade" vai ser necessário “voltarmos a ter público nos estádios” e, novamente, jogos de formação.

“Juntos, jogadores, treinadores, pais e clubes têm enfrentado com coragem e persistência este período sombrio. Mas é fundamental para a sustentabilidade dos clubes, para o desenvolvimento individual dos mais jovens e para o nosso equilíbrio enquanto sociedade que seja possível voltar a ver os campos e os pavilhões outra vez coloridos pela alegria dos mais novos”, escreve o líder da FPF.

O presidente da Federação lembra que “neste tempo tão exigente de pandemia, a FPF – com o precioso contributo do conhecimento e da capacidade técnica da nossa Unidade de Saúde e Performance – estabeleceu, desde a primeira hora, planos de contingência e continuação de negócio, que permitiram, com grande êxito, que as nossas seleções prosseguissem a atividade possível e que as nossas divisões continuassem a desenvolver o seu trabalho de Serviço ao Futebol, com a eficácia amplamente reconhecida”.

No campo estritamente desportivo, Fernando Gomes lembrou o título europeu da Seleção de futebol de praia e que a equipa das quinas de futebol fechou o ano no quinto lugar do “ranking”.

“Os Sub-21 asseguraram o acesso à fase final do Euro-2021, na terceira presença nas últimas quatro fases finais do europeu da categoria. A equipa comandada por Rui Jorge somou 6 vitórias em 6 jogos” e “a nossa Seleção Feminina conquistou vitórias importantes (1-0 à Escócia, 11 lugares acima no Ranking FIFA Women; 1-0 à Albânia, com golo de Ana Capeta) que a colocam muito bem lançada para poder atingir a segunda fase final seguida de um Europeu”.

Para fechar a mensagem, o mote: “2020 foi muito difícil. Mas o novo ano trará oportunidades que pretendemos agarrar. Queremos voltar a celebrar o regresso do futebol de formação.”

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+