Tempo
|
A+ / A-

Bispos portugueses pedem que contemplemos longamente o presépio

18 dez, 2020 - 10:57 • Henrique Cunha

“Vem, senhor jesus, dá-nos a tua luz!” É este o título da mensagem de Natal da Conferência Episcopal Portuguesa.

A+ / A-

“É necessário produzir esperança e encanto neste tempo de pandemia e de tristeza", afirma a Conferência Episcopal Portuguesa na sua mensagem de Natal, na qual alude à quadra como um tempo em que “nos compete ‘sonhar para a frente’, um sonho proativo que traz à tona ideias ou ideais que pedem sobretudo elaboração”.

Os bispos dizem que "está aberto o laboratório do Natal. O laboratório das vacinas, mas sobretudo o laboratório da nossa vida, do Amor, da Paz e da Alegria, pois é necessário produzir esperança e encanto neste tempo de pandemia e de tristeza".

"Vem, Senhor Jesus, dá-nos a tua Luz!" é o título da mensagem da Conferência Episcopal que exorta a que "contemplemos longamente o Presépio", onde encontramos "o Deus do Advento e do Natal, um Deus em missão, que desce ao nosso chão, nos toma pela mão e se faz nosso irmão".

A mensagem pede que "passemos também o nosso olhar contemplativo por aquele Menino bafejado de carinho, cuidadosamente enfaixado e deposto na manjedoura" e que "não deixemos de ver também já e ao mesmo tempo Jesus descido da Cruz", onde encontramos "tanta Páscoa no Natal. Tanto Natal na Páscoa. Mistério condensado de Luz e de Jesus".

Os bispos afirmam que "uma tal inundação de Luz e de Jesus, uma Chama assim, reclama a nossa atenção e o nosso Sim" e que "vendo bem, com toda a atenção, verificamos que só os pobres, com o olhar limpo e o coração puro, entram verdadeiramente neste quadro sublime do Natal de Jesus".

"Sim, porque o Deus do Natal dispersa os soberbos, depõe os poderosos, despede os ricos, mas acolhe os pobres, exalta os humildes, sacia os famintos (cf. Lucas 1,51-53), com o pão do céu que manifesta a doçura, literalmente a glicose de Deus pelos seus filhos queridos (cf. Sabedoria 16,21)", pode ler-se na mensagem.

No texto com seis pontos, a Conferência Episcopal lembra que "há tanta gente ao abandono" e que "é necessário embalar as crianças e os velhinhos, os que trabalham, os que sofrem e os que morrem".

A mensagem termina refirmando que "este é o tempo de contemplar o Presépio, de viver com alegria a estação do Natal e de acolher a surpresa de Deus, que em missão nos visita com a riqueza da pobreza".

"Vem, Senhor Jesus! O mundo precisa tanto da tua Luz!", assim termina a mensagem, que pode ler na íntegra aqui.
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+