Tempo
|
A+ / A-

Presidenciais EUA. Arranca voto antecipado na Flórida

19 out, 2020 - 23:45 • Lusa

Eleições marcadas para 3 de novembro são disputadas entre o atual Presidente, Donald Trump, e o ex-vice-presidente dos EUA, o democrata Joe Biden.

A+ / A-

O voto antecipado para as presidenciais de 3 de novembro nos EUA começou esta segunda-feira na Flórida, não se registando incidentes até ao momento, disse à Lusa um responsável de Departamento Eleitoral daquele estado, tido como fulcral nas próximas eleições.

"A votação começou às 07h (12h em Lisboa) e termina às 19h de 4 de novembro. Até ao momento não se registaram incidentes”, disse à Lusa Roberto Rodriguez, do Departamento Eleitoral do Estado da Flórida.

No edifício do organismo que regula o ato eleitoral também funciona uma assembleia de voto antecipado. Além das urnas de voto no interior, também se pode votar de carro, estando para tal instaladas tendas onde se pode depositar o voto.

Noutro ponto da cidade, em Westchester, as filas ao final da manhã eram um pouco mais extensas, sobretudo de cidadãos reformados, de origem latina, estando presentes neste caso mais mulheres do que homens.

A campanha eleitoral a poucos metros da assembleia de voto é autorizada e por isso são visíveis apoiantes dos dois principais candidatos às presidenciais, apesar de se comportarem de forma discreta.

O mesmo responsável pela Divisão Eleitoral disse ainda que, no condado de Dade, Miami, a maior parte dos eleitores “são de origem latina”, sendo que muitos já começaram a votar pelo correio.

Os Estados Unidos realizam no dia 3 de novembro eleições presidenciais, nas quais o atual inquilino da Casa Branca, o republicano Donald Trump, concorre à reeleição contra o o ex-vice-presidente dos EUA, o democrata Joe Biden.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.