Tempo
|
A+ / A-

Patrick Morais de Carvalho reeleito presidente do Belenenses

17 out, 2020 - 23:21 • Lusa

Terceiro mandato conseguido com mais de 63% dos votos.

A+ / A-

Patrick Morais de Carvalho foi reeleito como presidente do Belenenses para o triénio 2020-2023, com 63,53% dos votos, perante a concorrência de outros dois candidatos ao cargo que desempenha desde 2014.

O advogado segue para o terceiro mandato à frente do clube da Cruz de Cristo, com um total de 6.089 votos, batendo o candidato pela lista C Luís Figueiredo, que obteve 27,08% dos votos, correspondentes a 2.596 votos, e o líder da lista B Carlos Canhoto Fernandes, com 7,85%, respeitante a 752 votos.

Votaram nulo 0,2% (19) dos associados, enquanto os votos brancos foram 0,4% (39).

“Penso que, finalmente, ao fim de seis anos, temos reunidas todas as condições para podermos ter paz no nosso clube e, todos juntos, levarmos o nosso clube sem dívidas, com o passivo praticamente a zero, até às competições profissionais. Quando lá chegarmos, vamos ter uma vantagem competitiva extraordinária relativamente a todas as outras SAD, que estão tecnicamente falidas”, afirmou o vencedor, em discurso aos sócios que aguardaram a divulgação dos resultados no complexo do Restelo.

O sufrágio decorreu entre as 10h00 e as 19h00, no Polidesportivo Dr. Ramos Lopes, ao ar livre, junto do pavilhão Acácio Rosa, devido à pandemia de covid-19, onde acorreram 1460 associados do clube lisboeta.

“Tivemos hoje, em plena pandemia, umas eleições altamente concorridas. Era necessário fazer-se uma clarificação sobre o futuro da nossa instituição. A votação de hoje revela que os sócios do Belenenses são pessoas de caráter, honra e princípios. Não é toda a massa associativa que tem a possibilidade de estar na I Liga e faz uma opção desta dimensão”, sublinhou.

Tal como Patrick Morais de Carvalho, também Pedro Pestana Bastos e João Morão foram reconduzidos como presidentes da Mesa da Assembleia-Geral (MAG) e do Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD), respetivamente.

O Conselho Geral do emblema do Restelo será composto por seis membros da lista de Patrick Morais de Carvalho, três elementos da candidatura de Luís Figueiredo e um da lista de Carlos Canhoto Fernandes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.