Tempo
|
A+ / A-

Coronavírus

Brasil ultrapassa 140 mil mortes

26 set, 2020 - 00:34 • Lusa

São Paulo continua a ser o estado mais profundamente afetado pela pandemia, mas apesar disso já anunciou o encerramento do último hospital de campanha criado para tratar vítimas da Covid.

A+ / A-

Veja também:


O Brasil ultrapassou as 140 mil mortes provocadas pela Covid-19 (140.537), depois de ter registado nas últimas 24 horas 729 óbitos, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado esta sexta-feira pelo Ministério da Saúde.

O país registou no mesmo período 31.911 casos do novo coronavírus, elevando o número total de infetados para 4.689.613.

O executivo brasileiro informou ainda que 4.040.949 pessoas já recuperaram da doença e outras 508.127 permanecem sob acompanhamento.

Os estados de São Paulo (34.877), Rio de Janeiro (18.166), Ceará (8.891) e Pernambuco (8.129) têm o maior número de óbitos devido ao novo coronavírus no país sul-americano.

Considerando o número de casos, São Paulo (964.921), Bahia (303.058), Minas Gerais (283.479) e Rio de Janeiro (259.488) são os que somam mais infeções.

Apesar de liderar em número de óbitos e casos confirmados, o governo de São Paulo anunciou esta sexta-feira o encerramento das atividades do último hospital de campanha criado para tratar pacientes infetados pela Covid-19, que deverá ocorrer no sábado, após cinco meses em funcionamento.

O governador de São Paulo, João Doria, justificou a decisão com as estatísticas de novos internamentos, que registam uma descida há nove semanas consecutivas, e com a média diária de mortes causadas pelo novo coronavírus no estado, que atingiu o índice mais baixo desde maio.

A pandemia de Covid-19 já provocou pelo menos 984.068 mortos e cerca de 32,3 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.