Tempo
|
A+ / A-

Coronavírus

Brasil atinge 4,6 milhões de casos e aproxima-se dos 139 mil mortos

24 set, 2020 - 00:43 • Lusa

Depois de a Confederação Brasileira de Futebol ter anunciado o regresso dos adeptos aos estádios o governador de São Paulo emitiu uma proibição.

A+ / A-

Veja também:


O Brasil atingiu esta quarta-feira 4,6 milhões de pessoas diagnosticadas com a Covid-19 (4.624.885) e aproxima-se das 139 mil mortes (138.977), informou o Ministério da Saúde no seu boletim epidemiológico.

Desse total, 869 mortes e 33.281 infetados foram contabilizados nas últimas 24 horas, estando ainda a ser estudada uma possível relação de 2.422 óbitos com a Covid-19.

Em território brasileiro, 3.992.886 de pacientes diagnosticados já recuperaram da doença causado pelo novo coronavírus, enquanto que 493.022 infetados estão sob acompanhamento médico, segundo as autoridades nacionais de Saúde.

No Brasil, país lusófono mais afetado pela pandemia, os estados que concentram o maior número de infeções são São Paulo (951.973), Bahia (299.415), Minas Gerais (276.314) e Rio de Janeiro (254.885).

No topo da lista de unidades federativas com mais mortes estão também São Paulo (34.492), seguido pelo Rio de Janeiro (17.911), Ceará (8.861) e Pernambuco (8.085).

Após o Governo brasileiro ter aprovado, na terça-feira, um estudo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para o regresso dos adeptos aos estádios, o governador do estado de São Paulo, foco da pandemia no país, anunciou esta quarta-feira que não autoriza a realização de jogos de futebol com a presença de público.

“Respeitamos a CBF, os diretores e aqueles que procuram valorizar as práticas desportivas, mas a nossa obrigação e o nosso dever é proteger a vida de todas as pessoas, incluindo treinadores, comissão técnica, jogadores, adeptos e todos os que estão no estado de São Paulo”, disse Doria, em conferência de imprensa.

“Aqui, não há pressão política, económica, partidária ou desportiva. Aqui, o foco é a proteção aos brasileiros que estão em São Paulo”, acrescentou o governador.

Em comunicado, o Ministério da Saúde divulgou, na terça-feira, que deu 'luz verde' para o regresso do público aos estádios, ainda que de forma parcial, pois apenas permitirá a ocupação de cerca de 30% da lotação máxima, num primeiro momento.

A percentagem de casos positivos do Covid-19 nos testes que os jogadores devem fazer antes de cada jogo do Campeonato Brasileiro não chega a 2% (1,9%), informou esta quarta-feira a CBF.

De acordo com esta entidade, dos 9.690 exames diagnósticos realizados oficialmente antes de todas as partidas do Campeonato Brasileiro da primeira, segunda e terceira divisões disputadas este ano, 182 tiveram resultado positivo.

A pandemia de Covid-19 já provocou pelo menos 971.677 mortos e mais de 31,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.