Tempo
|
A+ / A-

Papa Francisco pede que vacina contra coronavírus seja universal

19 set, 2020 - 16:56 • Redação

Francisco lamentou que existam "populações no mundo" que "não têm acesso a determinados medicamentos".

A+ / A-

O Papa pediu este sábado que a vacina contra o novo coronavírus seja universal e não apenas disponível para os países mais ricos, para que todos, mesmo os mais pobres, possam ser curados da pandemia.

Francisco lamentou que existam "populações no mundo" que "não têm acesso a determinados medicamentos" e disse que "a nível ético, se existe a possibilidade de tratar uma doença com um medicamento, tem de estar à disposição de todos, caso contrário cria-se uma injustiça".

O Papa alertou ainda para o "perigo da globalização da indiferença" e defendeu "a globalização da cura, ou seja, a possibilidade de todas as populações terem acesso a medicamentos que poderiam salvar muitas vidas".

Francisco falava durante uma audiência realizada com membros da fundação italiana "Banco Farmacêutico".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.