Tempo
|
A+ / A-

Pequenas obras pagas? Proprietários com reservas

02 set, 2020 - 11:35 • André Rodrigues com redação

O Governo paga até 7.500 euros para obras que melhorem a eficiência energética das casas.

A+ / A-

Os proprietários encaram com reservas a iniciativa do Governo para melhorar a eficiência energética das casas. Em causa estão os apoios a pequenas obras em casas anteriores a 2006.

Em declarações à Renascença, António Frias Marques, da Associação Lisbonense de Proprietários (ALP) considera que o incentivo é insuficiente. “Os edifícios que vão ser recuperados para arrendamento futuro, embora haja um subsídio, há um investimento muito maior, portanto, dificilmente o proprietário é ressarcido nas rendas a cobrar”, sublinha.

Os apoios são direcionados a pequenas obras nas habitações, como a mudança de janelas ou a colocação de painéis fotovoltaicos. O mesmo responsável alerta, ainda, que “todas as novas tecnologias avariam muito”, onde inclui o investimento em painéis solares.

O plano, apresentado esta quarta-feira, prevê a comparticipação a 70% em equipamentos até 7.500 euros.

O programa, que tem um envelope financeiro de 4,5 milhões de euros, começa a funcionar no dia 7 e está enquadrado no programa de recuperação económica incluído no orçamento suplementar para este ano.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.