Tempo
|
A+ / A-

Benfica

Cebolinha. Presidente do Grémio vê negociações "muito longe" da conclusão

07 ago, 2020 - 18:18 • José Pedro Pinto

Benfica ainda não alcançou plataforma de entendimento com o emblema gaúcho e em Bola Branca, Romildo Bolzan Júnior admite todos os cenários: concretização da transferência ou inviabilização da mesma. Presidente do Grémio pronuncia-se ainda sobre telefonema de Jorge Jesus a Everton Cebolinha.

A+ / A-

O negócio entre Benfica e Grémio por Everton Cebolinha está "muito longe" da conclusão, de acordo com o presidente do emblema de Porto Alegre.

Em breves declarações a Bola Branca, Romildo Bolzan Júnior revela que os encarnados ainda não alcançaram uma plataforma de entendimento quanto às "condições" da transferência mas não especifica quais.

"Ainda não temos a negociação concluída. Na minha visão, as negociações estão muito longe de estar concluídas. O Benfica precisa de garantir as condições do negócio. Se o Benfica conseguir, pode ser que aconteça. Quais as condições? Não estou autorizado a falar sobre isso. O processo pode ficar resolvido nos próximos dias como pode ficar completamente inviabilizado. Depende de como as coisas se desenrolem", adianta o líder do emblema gaúcho, considerando que o prolongado processo negocial "é normal", por todos os fatores envolvidos.

"Trata-se de um grande volume de dinheiro, com muitas partes interessadas e muitos detalhes para terminar. É natural que demore", confessa Romildo Bolzan Júnior.

Ao que Bola Branca apurou, se é certo que o Benfica se propõe a pagar 20 milhões de euros pelo extremo de 24 anos, a realidade é que a modalidade de pagamento está, nesta altura, a entravar o entendimento derradeiro com o Grémio.

Telefonema de Jorge Jesus a Cebolinha. "Cada um que arque com as consequências do que disse"

Questionado igualmente por Bola Branca sobre o desconforto generalizado, no Grémio, em relação à chamada telefónica de Jorge Jesus a Everton Cebolinha, em vésperas do dérbi gaúcho com o Internacional, Romildo Bolzan Júnior foi parco em palavras.

Ainda assim, de forma incisiva, dirige-se indiretamente ao técnico do Benfica e confessa perceber a frustração e indignação do treinador do Grémio, Renato Gaúcho.

"Cada um faz o que bem entende e arca com as consequências do que disse. Sou solidário com a posição do Renato Gaúcho", completa o presidente do clube de Porto Alegre.Cebolinha.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.