|

 Casos Ativos

 Suspeitos Atuais

 Recuperados

 Mortes

A+ / A-

Coronavírus

Mais de mil contraordenações e 48 detenções por incumprimento das regras em julho

31 jul, 2020 - 22:34 • Lusa

Foram ainda encerrados 112 estabelecimentos e suspensa a atividade de outros 55, pelo incumprimento das regras de funcionamento.

A+ / A-

Veja também:


A GNR e a PSP realizaram entre 1 de julho até quinta-feira 1.056 autos de contraordenação e 48 detenções, por incumprimento das regras previstas no âmbito da situação de calamidade, contingência e alerta devido à pandemia de Covid-19.

Segundo os dados destas duas forças de segurança, divulgados hoje em comunicado pelo Ministério da Administração Interna, dos 1056 autos, as infrações mais frequentes foram o incumprimento das regras de consumo de bebidas alcoólicas na via pública (500 autos), seguido do incumprimento das regras de ocupação nos locais abertos ao público (153) e a falta de uso de máscara nos estabelecimentos, salas de espetáculos ou edifícios públicos (137).

Estas autoridades indicaram ainda 117 autos por incumprimento do uso de máscara nos transportes públicos, 66 por aglomeração de pessoas, 56 por desobediência dos horários de funcionamento dos estabelecimentos.

Neste período, foram ainda encerrados 112 estabelecimentos e suspensa a atividade de outros 55, pelo incumprimento das regras de funcionamento (nomeadamente ao nível da possibilidade de abertura ao público, horário de funcionamento ou regras de permanência no espaço reservado a clientes).

Foram ainda efetuadas 48 detenções por desobediência ao acatamento das ordens emanadas pelas Forças de Segurança.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 673 mil mortos e infetou mais de 17,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.735 pessoas das 51.072 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.