Tempo
|
A+ / A-

Sporting

Claque Juventude Leonina exige demissão de Frederico Varandas

27 jul, 2020 - 15:55 • Redação

Claque do Sporting assinala que a época 2019/20 terminou "tal qual começou, com a história do Sporting a ser humilhada".

A+ / A-

A claque Juventude Leonina recorreu ao Facebook para exigir a demissão de Frederico Varandas e restante direção do Sporting.

Esta segunda-feira, numa publicação intitulada “Demissão é o que se Exige”, a claque do Sporting assinalou que a época 2019/20 terminou "tal qual começou, com a história do Sporting a ser humilhada".

"O Sporting somou um recorde de 17 derrotas numa época, ultrapassando os dois registos mais negativos da longa e, felizmente, notável história do Sporting Clube de Portugal. Parabéns Varandas, estarás para sempre ligado ao pior de sempre", lê-se.

A Juventude Leonina assinala que "foram muitos, demasiados e embaraçosos os momentos concedidos pelos elementos" da direção do Sporting, sempre com um denominador comum: "A incompetência."

"Um 4º lugar atrás de um clube com intentos de grandeza (em 1930 já o Sporting tinha mais títulos que o Braga em toda a sua história), tendo ido contratar um treinador por uma quantia obscena que, espera-se um dia, venha a deter a qualificação necessária para se dirigir aos jogadores no decorrer de um jogo de futebol", critica a claque.

Falta de rumo e vozes cortadas


No entender da Juve Leo, "as épocas não são preparadas e não existe um projeto definido, caso contrário não se virava o discurso à esquina de cada derrota". Faltam a Frederico Varandas, nota o comunicado, "noções elementares de liderança" e a claque está cansada de, na sua ótica, ver todos menos a direção "responder pela inexistência de estrutura":

"Não colhemos que se possa agora olhar para um quarto lugar na classificação como um acontecimento aleatório, enquanto a história do clube continua a ser maltratada e desrespeitada por gente incapacitada (...) para o lugar que exerce. Onde se encontra a estrutura diretiva a pedir desculpa aos sócios e adeptos, a responder pelos seus erros, pela sua incapacidade ao invés, do que fez toda a época, procurar em terceiros as desculpas para a incompetência que não já conseguem esconder, criando a cisão interna que nenhum líder capacitado promove."

A Juve Leo também aponta o dedo ao presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, quem considera ter esquecido "quem verdadeiramente deveria estar a servir". A claque considera que Rogério Alves tem cortado "a palavra aos sócios no seu direito legitimo de ser ouvidos".

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • jaime
    27 jul, 2020 lisboa 18:41
    ainda dao espaço a esses individuos.... vao limpar pinhal mas e....
  • Manuel
    27 jul, 2020 Moura 16:55
    Quando é que esta escumalha desaparece de uma vez por todas? que tristes !